Minas Gerais Policial penal é morto após sair de uma festa em Vespasiano (MG)

Policial penal é morto após sair de uma festa em Vespasiano (MG)

Vítima de 27 anos teria ido ao local para comemorar o aniversário; Polícia Civil vai investigar a motivação do crime

Um policial penal foi morto com um tiro quando saía de uma festa neste sábado (22) em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. A mãe de Hércules Silva Duca, de 27 anos, disse que o filho teria ido ao local para comemorar o aniversário.

Hércules foi assassinado após sair de uma festa

Hércules foi assassinado após sair de uma festa

Reprodução / Record TV Minas

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem e outras três pessoas, sendo uma delas um policial militar à paisana, saíram do evento no carro dele. A vítima estaria dirigindo e teria dado dois tiros para o alto quando arrancou o veículo. A mãe de Hércules disse que o filho fez os disparos para dispersar uma confusão.

De acordo com o policial que testemunhou a cena, após os disparos, Hércules disse que teria sido atingido por um outro tiro poucos metros depois. Ele teria parado o carro e perdido os sentidos.

Outra versão

Outra versão foi apresentada no boletim de ocorrência. Um homem que estava no local e um outro policial militar, que também estava de folga afirmaram que Hércules teria atirado contra um grupo que estava saindo do evento. A mãe da vítima nega essa possibilidade.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública informou que o fato ocorreu fora do horário de trabalho do policial penal e que as circunstâncias e motivação do crime serão apuradas pela Polícia Civil.

Últimas