Prefeitura de Betim (MG) descarta morte de criança por covid-19

Igor Gabriel Ribeiro, de 10 anos, morreu na segunda-feira (23) por insuficiência respiratória no Hospital Regional; segundo os médicos, menino tinha asma

Igor morreu na segunda-feira (23) no Hospital Regional

Igor morreu na segunda-feira (23) no Hospital Regional

Reprodução/RecordTV Minas

A Prefeitura de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, descartou, nesta quarta-feira (25), que um menino de 10 anos morador da cidade morreu em decorrência do novo coronavírus.

Igor Gabriel Ribeiro chegou ao Hospital Regional da cidade na tarde de segunda-feira (23), com quadro de insuficiência respiratória e morreu durante a noite. Desde então, a Secretaria Municipal de Saúde de Betim estava investigando se tratava-se de um caso de infecção pela COVID-19.

Segundo a equipe médica do hospital, o menino era asmático. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Betim informou que o resultado é definitivo.

Sepultamento

O corpo de Igor Gabriel foi sepultado na manhã desta quarta-feira (25), no Cemitério Parque Jardim da Cachoeira.

Em contato com a reportagem, o pai da criança contou que foi orientado a realizar o velório com caixão fechado e na presença de apenas quatro pessoas na capela, devido à possibilidade de diagnóstico do coronavírus.

Veja a íntegra da nota da Prefeitura de Betim (MG):

"De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foi negativo para Covid-19 o resultado do exame do paciente I. G. R. S., 10 anos, que faleceu ontem, 23, no Hospital Público Regional de Betim. O exame foi realizado pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), instituição de referência do Ministério da Saúde. O resultado é definitivo e não há a necessidade de fazer exame contraprova, uma vez que a amostra foi colhida dentro dos padrões e analisada por um laboratório de referência nacional. A secretaria segue acompanhando a realização dos exames que buscam identificar outros vírus respiratórios.".

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento