Novo Coronavírus

Minas Gerais Prefeitura de BH determina limpeza de ônibus antes de todas as viagens

Prefeitura de BH determina limpeza de ônibus antes de todas as viagens

Medida visa reduzir os riscos de proliferação do novo coronavírus dentro dos coletivos; órgão também dá orientações sobre cuidados para passageiros

  • Minas Gerais | Marina Avelar*, Do R7

Ônibus estão sendo limpos ao final de cada viagem

Ônibus estão sendo limpos ao final de cada viagem

Divulgação/ PBH

A prefeitura de Belo Horizonte determinou, nesta quinta-feira (19), a higienização antes de todas as viagens de ônibus, táxis, vans e escolares que circulam na capital para evitar a proliferação do novo coronavírus.

Na prática, a decisão sobre cuidados de higiene que devem ser seguidos pelos motoristas, cobradores, empresas de transporte e também pelos usuários do serviço.

Confira todas as orientações:

Ônibus

– Higienização de todos os veículos do transporte coletivo, antes e depois de cada viagem, principalmente na barras de apoio e roletas locais de maior contato dos usuários, também pediu a manutenção emergencial de todos os equipamentos de ar condicionado;

– Deve ser disponibilizado kit de higiene pessoal para operador com álcool gel 70% ou produto indicado pelos órgãos de saúde na proporção de um por veículo;

– Os motoriscas e cobradores devem fazer a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel ao final de cada viagem;

– Devem ser higienizados volante, manopla do câmbio, freio de estacionamento e demais pontos de contato dos operadores, ao final de cada viagem;

– Os veículos devem ser totalmente lavados a cada 24 horas (interna e externamente), sendo que os pontos de maior contato dos usuários (corrimãos, balaústres, pega mãos, roleta e pontos de apoio nos assentos) devem ser higienizados em intervalos de até três horas;

–  Ônibus com sistema de ar condicionado devem ter manutenção rigorosamente executada, bem como todos os prazos e procedimentos de operação e higienização definidos pelos fabricantes dos equipamentos;

– Linhas suplementa com sistema de climatização ou sem ar-condicionado devem estar com os sistemas de ventilação forçada acionados durante toda a operação, permitindo a circulação do ar;

– Sempre que possível, as janelas do veículo devem ser mantidas abertas, resguardando os limites de segurança.

– Operadores com sintomas de Coronavírus não poderão operar os serviços de transporte coletivo;

Veja mais: Ônibus e estações de Belo Horizonte amanhecem lotados

Estações

– Todas as estações de integração e transferência estão sendo higienizadas pela prefeitura e a limpeza ostensiva está sendo feita várias vezes ao dia, incluindo sanitários, elevadores, escadas rolantes, corrimãos e áreas de circulação;

– Os teclados, bancadas das bilheterias e as máquinas de autoatendimento (ATM) devem ser higienizados a cada 90 minutos de operação.

– Os Concessionários dos Serviços de Transporte Público devem disponibilizar kits de higiene pessoal para operadores das bilheterias álcool gel 70% ou produto indicado pelos órgãos de saúde, um por ponto de venda.

– Notificar os stands de comércio para serem higienizados pelos próprios comerciantes, com especial atenção para os pontos de contato. Deve ser disponibilizado kit de higiene pessoal para uso próprio e dos clientes.

Taxis

– Todos os táxis estão sendo higienizados a cada viagem, sobretudo nos locais de maior contato dos usuários, maçaneta da porta, bancos, apoios.

– Os operadores devem fazer a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel ao final de cada viagem e sempre depois que manusear dinheiro.

– Devem ser higienizados volante, manopla do câmbio, freio de estacionamento e demais pontos de contato dos taxistas, pelo menos três vezes ao dia.

– Os veículos poderão operar sem o uso do ar-condicionado e com vidros abertos. Deve-se acionar o ar-condicionado sempre que demandado pelo passageiro, desde que com o sistema de circulação externa do ar esteja ativada.

– O motorista pode oferecer o álcool gel a 70%, aplicando-o diretamente nas mãos do usuário, se permitido pelo mesmo.

– O pagamento deve ser feito, preferencialmente, com cartão de débito ou crédito, evitando contato do taxista e passageiro com dinheiro.

– A máquina do cartão de débito/crédito deve ser higienizada antes e ao final de cada operação.

– Taxistas com sintomas de Coronavírus não poderão conduzir os veículos em hipótese alguma.

– Taxistas idosos ou em grupo de risco poderão incluir motorista auxiliar em caráter emergencial.

Transporte escolar

– Deve ser disponibilizado kit de higiene pessoal para operador, álcool gel 70%, lenço umedecido ou produto indicado pelos órgãos de saúde, um por veículo.

– Os operadores de escolar devem fazer a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel ao final de cada viagem.

– Os operadores devem higienizar as mãos antes e depois de fazer a travessia de crianças nas vias públicas, segurando-as sempre pelo punho ou braço.

– Os veículos devem ser limpos e higienizados a cada 24 horas (interna e externamente), sendo que os pontos de maior contato dos usuários (corrimãos, balaústres, pega-mãos e pontos de apoio nos assentos) devem ser higienizados ao final de cada viagem realizada.

– Veículos com ar-condicionado, sistema de climatização ou sem ar-condicionado devem estar com o sistema de ventilação forçada acionado durante toda a operação, permitindo a circulação do ar.

– Sempre que possível, as janelas do veículo devem ser mantidas abertas, resguardando os limites de segurança.

– Operadores com sintomas de Coronavírus não poderão operar os veículos em hipótese alguma.

– Operadores idosos ou em grupo de risco poderão incluir motorista auxiliar em caráter emergencial (apenas operadores do serviço escolar).

Aos usuários:

A prefeitura recomenda que os usuários do transporte público tomem cuidados de higiene individual, sobretudo antes e depois de utilizar o ônibus, metrô ou táxi.

– Dar preferência ao pagamento da passagem com cartão BHBUS, evitando contatos com dinheiro para operador e usuário.

– Usuários idosos e pessoas em grupos de risco devem evitar, sempre que possível, o uso do transporte coletivo nos horários de pico.

– Higienizar as mãos antes e logo após a utilização do transporte público coletivo.

Guia com informações básicas sobre o novo coronavírus

Guia com informações básicas sobre o novo coronavírus

Arte R7

 *Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas