Coronavírus

Minas Gerais Prefeitura de BH deve decidir sobre torcedores em jogos nesta terça

Prefeitura de BH deve decidir sobre torcedores em jogos nesta terça

Expectativa do setor é que seja autorizado o retorno parcial do público; comitê da covid-19 avalia flexibilizações para a cidade

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Comitê da covid-19 avalia flexibilizações em BH

Comitê da covid-19 avalia flexibilizações em BH

Robert Ghement/EFE - 21.06.2013

A Prefeitura de Belo Horizonte deve bater o martelo, nesta terça-feira (27), sobre o retorno do público nos jogos esportivos na cidade.

Durante a tarde, o prefeito Alexandre Kalil (PSD), vai se reunir com os representantes do Amética, Atlético Mineiro, Cruzeiro, dos estádios Mineirão e Arena Independência, além da Polícia Militar para avaliar o assunto. Uma das possibilidades que será avaliada será a presença de 30% do público.

Nesta segunda-feira (26), membros do comitê da covid-19 da capital mineira se encontraram para avaliar uma nova flexibilização na cidade, mas o encontro acabou sem definições. O grupo volta a debater o tema nesta terça-feira.

O governo de Minas Gerais já autoriza a presença do público, a depender da classificação de cada cidade no programa Minas Consciente. A decisão final, no entanto, cabe às prefeituras.

Na última semana, a FMF (Federação Mineira de Futebol) divulgou o protocolo contra o coronavírus que deve ser seguido nas partidas profissionais, com exceção dos torneios amadores, da base e do futebol feminino.

Nos municípios da onda amarela, o público máximo é de 600 torcedores ou 50% da capacidade do estádio. Já na onda verde não há limitação de público, mas será necessário respeitar um distanciamento mínimo de 1,5 m entre as pessoas. A administração desses espaços deverão marcar os lugares que não poderão ser ocupados.

Últimas