Minas Gerais Prefeitura de BH multa Atlético-MG por festa do bicampeonato

Prefeitura de BH multa Atlético-MG por festa do bicampeonato

Clube não tinha licença para realizar o evento com show do Bell Marques no centro da cidade; prefeito criticou o valor de R$ 3 mil

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7, com Antônio Paulo, da Record TV Minas

Mais de 100 mil pessoas estiveram na festa

Mais de 100 mil pessoas estiveram na festa

Divulgação/Atlético-MG/Pedro Souza

A Prefeitura de Belo Horizonte multou o Atlético-MG, nesta sexta-feira (3), por falta de licenciamento para a festa de comemoração do bicampeonato no Brasileirão, realizada na praça Sete, coração da cidade, entre a noite passada e a madrugada de hoje.

A cobrança, feita pela Subsecretaria de Fiscalização, foi no valor de R$ 3.671,93, seguindo a legislação que proibe a realização de eventos em ruas sem licença prévia. O valor foi criticado pelo prefeito. “Multa de R$ 3.000 é ridícula. Era melhor não ter multado”, escreveu o político.

A celebração contou com apresentação do cantor Bell Marques, ex-vocalista da banda de axé Chiclete com Banana. O clube estima que quase 100 mil pessoas estiveram na praça, que foi tomada por torcedores.

Três trios elétricos foram usados no evento. A delegação alvinegra foi para o local, durante a madrugada, após chegar de Salvador e fazer uma carreata, acompanhada pelo Corpo de Bombeiros, até a região central. No jogo da conquista do título, o Atlético venceu o Bahia por 3 a 2, na capital baiana.

Na última terça-feira (30), a BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte) informou ao R7 que o clube havia apresentado pedido para realização de um evento no fim de semana e que a solicitação ainda estava em análise.

Na mesma data, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) comentou, durante um evento com a imprensa, que a prefeitura havia sido procurada pela direção do time e que ele havia sugerido a celebração na Esplanada do Mineirão, por se tratar de um local mais amplo. Inicialmente, havia a possibilidade de a festa ocorrer na praça Diogo de Vasconcelos, conhecida como praça da Savassi, na região centro-sul.

Procurado pela reportagem, o clube alvinegro informou que o assunto foi repassado para o setor jurídico e que não vai se posicionar.

Últimas