tragédia brumadinho
Minas Gerais Prefeitura de Brumadinho adia início das aulas após tragédia

Prefeitura de Brumadinho adia início das aulas após tragédia

Segundo o comunicado feito pelas redes sociais, ainda não há previsão para o retorno da aulas 

Brumadinho foi destruída pela lama de rejeitos

Brumadinho foi destruída pela lama de rejeitos

Enzo Menezes/ Record TV

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Brumadinho adiou o início do ano letivo, que estava previsto para começar na próxima segunda-feira (4).

O motivo do adiantamento é o rompimento da barragem da Vale na última sexta-feira (25). Até o momento, 99 mortes já foram confirmadas. Outras 257 ainda estão desaparecidas

Segundo o comunicado feito pela prefeitura através das redes sociais, ainda não tem previsão de quando as aulas vão retornar.

Sobre as escolas estaduais, a SEE (Secretaria de Estao de Educação) informou que as aulas da rede estadual estão mantidas para iniciar na segunda (7), pois as unidades de ensino não foram atingidas pelo rompimento. Atualmente, Brumadinho possui três escolas estaduais, com 1.323 alunos matriculados. 

Confira a nota na íntegra: 

" A Secretaria Municipal de Educação comunica que, em vista da tragédia de rompimento da barragem da Vale, o início do ano letivo previsto para o dia 4 de fevereiro de 2019 será adiado. Em breve anunciaremos nova data.

A Secretaria tem se empenhado exaustivamente para que o retorno às aulas aconteça o mais breve possível, de forma a proporcionar aos alunos, servidores e comunidade um ambiente de suporte e apoio ao drama vivido por toda a nossa população".