Coronavírus

Minas Gerais Presidente da Assembleia de MG defende vacinação de professores

Presidente da Assembleia de MG defende vacinação de professores

Agostinho Patrus (PV) pediu ajuda ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para viabilizar imunização e retorno das aulas

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento e Célio Ribeiro*, do R7

Patrus pede apoio de Pacheco para priorização

Patrus pede apoio de Pacheco para priorização

Divulgação / Victor Oliveira / Agostinho Patrus

O Presidente da ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais), Agostinho Patrus (PV), defendeu, nesta quinta-feira (1º), a prioridade dos professores na fila de imunização contra a covid-19.

Por uma rede social, Patrus afirmou que a vacinação de educadores vai proporcionar a retomada das aulas presenciais. Ele também pediu que o Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), apoie a priorização da categoria no PNI (Plano Nacional de Imunização).

A medida é defendida pelo Ministro da Educação, Milton Ribeiro, e pela Frente Parlamentar Mista da Educação, que estão atuando para que o Ministério da Saúde faça essa mudança no PNI.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (31), o secretário de Saúde de Minas, Fábio Baccheretti, informou que o Governo Estadual aguarda aval do Ministério da Saúde para inclusão dos professores na fila de vacinação.

Nesta semana, o governador Romeu Zema anunciou que os próximos lotes de vacina que serão distribuídos já devem atender parte dos agentes da Segurança Pública.

Até o momento, Minas Gerais já aplicou vacinas em trabalhadores da Saúde, pessoas com deficiência que moram em asilos, população indígena que vive em aldeias e em idosos de várias faixas etárias.

Veja a situação da vacinação contra a covid-19 no Brasil:

Últimas