Minas Gerais Preso por matar bebê, homem confessa assassinato de amante

Preso por matar bebê, homem confessa assassinato de amante

Ele foi detido em abril, junto com a esposa, suspeitos de matar uma mulher de 28 anos; bebê foi abandonado debaixo de viaduto

Bebê foi abandonado debaixo de viaduto

Bebê foi abandonado debaixo de viaduto

Reprodução/RecordTV Minas

Um homem, que está preso desde abril pelo assassinato de uma criança de 1 ano e 8 meses, teria confessado à polícia que também matou a mãe dela, desaparecida desde janeiro deste ano. Os delegados que investigaram o crime vão esclarecer o caso em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (10).

O crime começou a ser investigado no início do ano, depois que a Polícia Militar encontrou o corpo da bebê abandonado debaixo de um viaduto na BR-040, no bairro Olhos D'Água, em Belo Horizonte. A criança foi encontrada durante a madrugada, por moradores que passavam pelo local e chamaram os militares. 

O homem, de 41 anos, formado em direito e que trabalhava em uma grande mineradora foi preso em 7 de abril junto com a esposa, que era funcionária da Prefeitura de Congonhas, a 80 km de Belo Horizonte. Na ocasião, a Polícia Civil afirmou que ele teria um relacionamento extraconjugal com a vítima, Fernanda Caroline Leite Dias, de 28 anos, e uma possível gravidez teria motivado o assassinato dela. 

Agora, a polícia tenta encontrar o corpo da mulher. 

Relembre o caso

O corpo da menina de um ano e oito meses foi encontrado no início da manhã de uma segunda-feira, 25 de janeiro, embaixo de um viaduto às margens da rodovia BR-040, em uma das saídas de Belo Horizonte. O bebê foi encontrado por pessoas que estavam indo para o trabalho e acionaram a Polícia Militar.

Ao lado do corpo da menia, havia um bilhete, que foi escrito pelo suspeito, de acordo com  exames grafotécnicos, e que indicariam o endereço do pai da bebê, que não tinha notícias sobre o paradeiro dela.

Últimas