Minas Gerais Primeiros vacinados no interior de MG são idosos de asilo centenário

Primeiros vacinados no interior de MG são idosos de asilo centenário

Governo de Minas já enviou as doses do imunizante contra a covid-19 para todas as regiões do Estado; vacinação começa hoje

  • Minas Gerais | Vinícius Araújo, da Record TV Minas

Idosa é vacinada contra a covid-19 no interior de MG

Idosa é vacinada contra a covid-19 no interior de MG

Imagem cedida / Mauro Miranda Ferreira

Dois idosos moradores de um asilo foram os primeiros vacinados contra a covid-19 no interior de Minas Gerais. A solenidade realizada em Montes Claros, a 420 km de Belo Horizonte, foi acompanhada pelo Governador Romeu Zema (Novo).

Eroldides Cardoso, de 96 anos, e Maria das Dores Reis, de 90 anos, foram os primeiros imunizados. Eles moram no Asilo São Vicente de Paulo, fundado em 1904. Este é o único asilo misto do Norte de Minas.

O Governo de Minas Gerais iniciou a distribuição das doses da vacina contra a covid-19 para todas as regiões do Estado na manhã desta terça-feira (19). No total, estão sendo distribuídas metade das 577 mil doses recebidas pelo Estado. Os imunizantes irão chegar às 28 regionais de Saúde até às 16h, através de 13 rotas aéreas e uma terrestre.

Cada secretaria municipal de Saúde será responsável por buscar suas doses nas regionais. A outra metade das vacinas ficará armazenada e só será distribuída nos dias próximos à segunda aplicação.

“Satisfação”

Em entrevista à Record TV Minas, o Governador Romeu Zema (Novo) afirmou que está muito satisfeito com o início da campanha de imunização no Estado. Mesmo assim, Zema afirmou que a população deve manter todos os cuidados e seguir as medidas de combate à pandemia.

— Todo cuidado ainda é necessário. Esse é um processo que ainda vai levar meses, não podemos relaxar.

O governador confirmou que pretende vacinar os idosos e os professores assim que o Governo Federal liberar mais doses. Para isso, também é necessário ampliar a produção dos imunizantes no país. Zema lamentou a dificuldade do Instituto Butantan em conseguir os insumos necessários.

— Infelizmente o Brasil depende de um insumo que é importado. A China e a Índia possuem esses insumos, mas eles têm uma população gigantesca. É um motivo que preocupa.

Romeu Zema também disse que o Governo do Estado pode utilizar a estrutura da Funed (Fundação Ezequiel Dias) para fabricar os insumos aqui em Minas, de forma emergencial.

— É previsto que a Funed faça um convênio com algum laboratório que desenvolveu uma das vacinas aprovadas para que possamos atender o Estado e o Brasil também.

Últimas