Coronavírus

Minas Gerais Quase 650 pessoas com suspeita de covid-19 aguardam por UTI em MG

Quase 650 pessoas com suspeita de covid-19 aguardam por UTI em MG

Na última semana, 400 pacientes esperavam por uma vaga de terapia intensiva; apenas BH tem 164 pacientes na fila

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

MG tem 2.676 UTIs para casos de covid-19

MG tem 2.676 UTIs para casos de covid-19

Amanda Perobelli/Reuters - 17.03.2021

Ao menos 647 pessoas com diagnóstico confirmado ou com suspeita de covid-19 aguardavam para serem transferidas para uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) em Minas Gerais, nesta terça-feira (23).

A informação foi confirmada pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), por meio de ofício enviado à reportagem. Na última sexta-feira (19), eram 400 pacientes na fila.

Dados do governo apontam que hoje há 151 vagas em leitos de terapia intensiva para pacientes com coronavírus nos hospitais públicos de todo Estado. O número indica que a ocupação está em 94,36% nas 2.676 unidades destinadas a estes casos. A SES não divulga a situação da rede privada.

A Secretaria de Saúde alega que os pacientes vão ser destinados ao tratamento intensivo à medida que forem abertas vagas em hospitais que sem enquadram no perfil de cada um. Por isto, a pasta prefere não chamar a espera de “fila”.

“O fluxo regulatório leva em conta a estabilidade ou não do paciente, a gravidade do caso, o tipo de leito disponível, o agravo ao qual este leito se destina. O acesso ao leito será avaliado levando em consideração todos estes fatores e ainda a melhor forma e o menor tempo possível para o acesso ao tratamento médico-hospitalar mais adequado ao paciente regulado”, explicou a secretaria.

Belo Horizonte

Belo Horizonte é uma das cidades que enfrenta colapso no sistema de Saúde. Na última semana, a capital mineira ficou sem UTIs para covid-19 tanto no Sus (Sistema Único de Saúde), quanto na rede particular.

Nesta terça-feira, a prefeitura informou que a abertura de 27 novos leitos fez com que a ocupação nos hospitais públicos caísse para 93%. Os privados também inauguraram mais 36 unidades de covid-19. Mesmo assim, a ocupação reduziu de 114,4% para 111,9%, o que indica um estrangulamento do sistema.

Durante a tarde, o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado, enviou um ofício à Câmara de Vereadores indicando que 164 pacientes com covid-19 aguardavam transferência para UTI apenas na cidade.

Últimas