Santa Casa de BH chega a 100% dos leitos de UTI ocupados

Diretor do hospital confirma que essa foi a pior semana desde o início da pandemia e diz que a unidade trabalha para ampliar a oferta de leitos

Vagas de UTI acabaram na Santa Casa

Vagas de UTI acabaram na Santa Casa

Santa Casa / Divulgação

O número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de pacientes infectados pelo novo coronavírus esgotou na Santa Casa de Belo Horizonte. Na enfermaria, essa tava é de 96,8%.

Segundo a Santa Casa, o número de internações pela covid-19 aumentou muito nas últimas duas semanas. A unidade de saúde também vive uma situação comum a toda a rede hospitalar de Belo Horizonte: mesmo com a abertura de novos leitos, a ocupação não abaixa. 

Em março, eram 10 leitos de UTI e 17 na enfermaria. Neste sábado (4), o número total de leitos destinados a pacientes com a doença é de 80 na terapia intensiva e 158 na enfermaria adulto - além de 25 na pediátrica. 

De acordo com o diretor de assistência a saúde da Santa Casa, Guilherme Riccio, a unidade trabalha para abertura de mais vagas e, segundo ele, uma série de fatores influencia nessa alta procura pelos serviços hospitalares. 

— Essa foi a pior semana desde o início da pandemia. Estamos em um momento que poderíamos definir como 'tempestade perfeita'. Nós estamos no inverno, que é uma estação em que aumenta muito as síndromes respiratórias agudas de toda natureza, seja bacteriana ou virótica. E, agora, com advento da covid, veio forçar muito e trazendo uma situação de muita pressão. 

Números

Em Belo Horizonte, segundo dados da secretaria municipal de saúde divulgados nesta sexta-feira (3), já são 7.651 casos de covid-19 confirmados no município. Até o momento, 169 pessoas morreram. 

A taxa de ocupação de leitos de UTI é de 87%, um ponto a mais que o apurado na última quinta-feira (2), mesmo com a abertura de mais de 30 leitos de UTI nesta semana. No caso da enfermaria, a taxa de ocupação chegou a 67%.