Minas Gerais Segundo acusado pela morte de motoboy é condenado em BH

Segundo acusado pela morte de motoboy é condenado em BH

Jephrey Henrique da Silva recebeu a pena de 12 anos em regime fechado; o primo dele já havia sido condenado pelo crime

  • Minas Gerais | Dara Russo*, do R7

Jephrey Henrique da Silva foi condenado a 12 anos de reclusão

Jephrey Henrique da Silva foi condenado a 12 anos de reclusão

Divulgação TJMG / Joubert Oliveira

O segundo suspeito de envolvimento na morte do motoboy Hudson Enildo Ferreira Dias foi condenado por homicídio qualificado nesta segunda-feira (23), em Belo Horizonte. Jephrey Henrique da Silva recebeu a pena de 12 anos de reclusão, em regime fechado.

De acordo com as investigações, a vítima foi morta dias depois de tentar defender um amigo durante uma briga. O motoboy estava trabalhando em uma pizzaria no bairro Paulo VI, na região nordeste da capital, quando foi abordado por outro motociclista e morto com um tiro na nuca, em maio de 2017.

A juíza Bárbara Heliodora Bonfim, do 1º Tribunal do Júri de Belo Horizonte, concedeu a Jephrey Henrique da Silva o direito de recorrer em liberdade.

O primo do acusado, Fábio Leonardo da Silva Leite, também foi condenado pelo crime em 19 de março de 2019. Ele está preso sob pena de 13 anos de reclusão.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas