Novo Coronavírus

Minas Gerais Servidores da ALMG vacinados contra covid viram alvo de CPI

Servidores da ALMG vacinados contra covid viram alvo de CPI

Presidente da Assembleia disse que lista com nomes será enviada para comissão que já apura fura-filas da Secretaria da Saúde

Patrus divulgou informação em suas redes sociais

Patrus divulgou informação em suas redes sociais

Divulgação / ALMG / Luiz Santana

O presidente da ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais), Agostinho Patrus (PV), confirmou ter recebido, nesta quinta-feira (18), uma lista com funcionários da Saúde da ALMG que teriam sido vacinados contra a covid-19.

No documento, divulgado por Patrus em suas redes sociais, aparecem cerca de 55 nomes, incluindo médicos, dentistas e profissionais que trabalham na recepção do setor da Saúde da Assembleia. Segundo o deputado, a lista também será encaminhada para a “CPI dos fura-fila”.

— Ela será encaminhada à CPI para sabermos se receberam o imunizante de forma devida e de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Veja: ALMG pode pedir para furadores de fila devolverem dinheiro de vacina

O presidente da Assembleia de Minas também afirmou que todos os nomes encaminhados à Comissão Parlamentar de Inquérito serão investigados, “independentemente de serem servidores da Secretaria de Estado de Saúde, da Assembleia Legislativa ou de qualquer outro órgão público”.

Mais cedo, a Comissão que investiga as indenizações recebeu um novo documento com 1.852 servidores do Estado que teriam sido vacinados em cidades do interior de Minas. No total, já são mais de 2.600 funcionários da pasta imunizados contra a covid-19. Entre eles, aparecem pessoas que não fazem parte do grupo prioritário, como trabalhadores em “home office”.

A CPI foi instaurada após denúncias de irregularidades na vacinação de servidores da SES-MG reveladas pelo R7. Entre os imunizados, aparecem o ex-secretário de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e o ex-secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, que foram exonerados.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel

Últimas