Novo Coronavírus

Minas Gerais Servidores homenageiam técnica de enfermagem morta por covid em BH

Servidores homenageiam técnica de enfermagem morta por covid em BH

Profissionais pedem para Prefeitura afastar servidores da saúde que tenham comorbidades; Shirlene tinha obesidade, diabetes, asma e hipertensão

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Servidores fazem homenagem à enfermeira em BH

Servidores fazem homenagem à enfermeira em BH

Reprodução / Redes Sociais

Servidores da Saúde de Belo Horizonte fizeram um protesto nesta segunda-feira (17), em homenagem à Shirlene Alves, quarta profissional da rede municipal vítima da covid-19.

Os profissionais fizeram uma paralisação de 10 minutos em várias unidades de saúde da capital mineira. De acordo com o Sindibel (Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Belo Horizonte), os manifestantes pedem para que a Prefeitura faça testagem nos profissionais de saúde e que afaste os servidores da área que tenham comorbidadade

Quarta morte

Shirlene morreu pela covid-19 após 6 dias internada

Shirlene morreu pela covid-19 após 6 dias internada

Reprodução / Facebook

A técnica de enfermagem Shirlene Alves dos Santos, de 53 anos, faleceu na última sexta-feira (14), após seis dias internada. Ela havia trabalhado no Centro de Saúde Paraúna, na região de Venda Nova, até o dia 7 de agosto, quando sentiu falta de ar. Shirlenne tinha hipertensão, asma, diabetes e obesidade.

Veja: Minas supera os 175 mil casos de covid-19 e registra mais 91 óbitos

A Secretaria Municipal de Saúde lamentou o falecimento da técnica de enfermagem e afirmou que tem testado todos os agentes de Saúde com sintomas da covid-19 ou assintomáticos que tenham tido contato com doentes.

De acordo com a Prefeitura, todos os profissionais de saúde com mais de 60 anos, gestantes ou com imunidade baixa estão afastados do serviço desde março.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel

Últimas