Novo Coronavírus

Minas Gerais Sete Lagoas (MG) libera bares, restaurantes e lojas em shoppings

Sete Lagoas (MG) libera bares, restaurantes e lojas em shoppings

Prefeitura já tinha flexibilizado o isolamento e, agora, colocou regras para funcionamento de estabelecimentos de alimentação e horário para shoppings

Bares e shoppings poderão abrir a partir desta sexta (8)

Bares e shoppings poderão abrir a partir desta sexta (8)

Prefeitura de Sete Lagoas / Divulgação

A Prefeitura de Sete Lagoas, a 70 km de Belo Horizonte, ampliou a reabertura do comércio da cidade e, a partir desta sexta-feira (8), bares, restaurantes e até praças de alimentação de shoppings centers poderão funcionar. O decreto foi assinado pelo prefeito Duílio de Castro (Patriotas) e delimita horários de funcionamento dessas atividades. 

Sete Lagoas têm, até o momento, sete casos confirmados de covid-19 e outros 891 sob suspeita. O Governo de Minas descartou, até o momento, 89 casos. O prefeito é um dos pacientes internados com diagnóstico de coronavírus na cidade. 

De acordo com o decreto, estabelecimentos híbridos, como bares e restaurantes só poderão manter em funcionamento as atividades relacionadas à alimentação, vetando o entretenimento nesses locais. A capacidade de ocupação também deve ser reduzida pela metade. 

Lojas em shoppings centers também poderão abrir, entre 14h e 20h, mas não podem realizar atividades promocionais, de lazer ou entretenimento. 

Uma das regras previstas pela Prefeitura de Sete Lagoas é a medição de temperatura dos clientes, logo na portaria desses estabelecimentos. O acesso a clientes que estiverem com febre de 37,5ºC deve ser recusada. 

Abertura

A flexibilização do comércio em Sete Lagoas se deu no dia 29 de abril, após o Governo de Minas ter lançado um protocolo de orientação para prefeituras que quiserem abrir as portas do comércio. Lojas foram autorizadas a funcionar em horários alternados e limite na quantidade de clientes. 

Últimas