tragédia brumadinho
Minas Gerais Sobe para 228 o número de mortos identificados em Brumadinho

Sobe para 228 o número de mortos identificados em Brumadinho

Defesa Civil de Minas Gerais divulgou o último balanço de mortos e desaparecidos após o rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão

Sobe para 228 o número de mortos identificados em Brumadinho

Três mortes foram confirmadas pela Defesa Civil de Minas Gerais

Três mortes foram confirmadas pela Defesa Civil de Minas Gerais

Divulgação / Corpo de Bombeiros

Subiu para 228 o número de mortes em decorrência ao rompimento da barragem da Vale da mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). De acordo com a Defesa Civil de Minas Gerais, mais três mortes foram confirmadas e os corpos identificados.

Segundo a Defesa Civil, 395 corpos foram localizados e outras 49 pessoas continuam desaparecidas. Nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil retirou 16 nomes da lista de desaparecidos.

Leia também: Após tragédia, Vale quer cortar ganhos de executivos em 40%

A barragem 1 da mina do Córrego do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro e os rejeitos atingiram a área administrativa da Vale, uma pousada e comunidades próximas à região.

*Estagiária do R7 sob supervisão de Ingrid Alfaya