Minas Gerais Suspeita de incendiar apartamento com o irmão dentro é presa em BH

Suspeita de incendiar apartamento com o irmão dentro é presa em BH

Segundo a polícia, a mulher teria ateado fogo no imóvel após uma briga com o irmão e um amigo que mora com a família

Local ficou totalmente destruído após incêndio que durou cerca de três horas

Local ficou totalmente destruído após incêndio que durou cerca de três horas

Reprodução/Record TV Minas

Uma mulher foi presa, na noite desta segunda-feira (9), suspeita de colocar fogo no apartamento em que mora, na região Central de Belo Horizonte. Segunda a polícia, Daniele Viviam Maximiano, de 32 anos, teria provocado o incêndio após um desentendimento com o irmão e um amigo, que viviam com ela.

A suspeita teria quebrado o trinco de uma das portas para impedir a saída das vítimas do apartamento durante o incêndio. Ela foi presa horas após o início das chamas, nas proximidades do edifício. De acordo com o sargento Sidney Batista Ferreira, a suspeita teria assumido o crime inicialmente, mas mudado a versão durante a conversa com os militares.

— No momento em que foi efetuada a prisão da mesma, ela foi indagada e assumiu que havia começado o incêndio, mas depois negou, tentando contradizer o fato e dizendo que os homens que colocaram fogo.

Veja: Retroescavadeira cai de barranco e mata motorista na Grande BH

O apartamento ficou destruído. O fogo durou aproximadamente três horas e só foi contido após a chegada do Corpo de Bomebiros. As vítimas não ficaram feridas, mas inalaram uma quantidade grande de fumaça e precisaram de atendimento médico.

Um spray teria sido usado para provocar o incêndio. Além do objeto, também foram apreendidos com a suspeita um alicate, um soco inglês e uma lixa de unha. Ela não tinha passagem pela polícia e, segundo o irmão, teria transtornos mentais.

Últimas