Minas Gerais Suspeito de atirar em jovens que defendiam morador de rua é preso

Suspeito de atirar em jovens que defendiam morador de rua é preso

Homem teria atirado em dois jovens que defendiam um morador em situação de rua em Montalvânia (MG); uma das vítimas, de 17 anos, morreu

Caso ocorreu na Praça Cristo Rei, em Montalvânia (MG)

Caso ocorreu na Praça Cristo Rei, em Montalvânia (MG)

Reprodução / Google Street View

A Polícia Civil prendeu um homem de 24 anos suspeito de atirar contra dois jovens que estavam defendendo uma pessoa em situação de rua. O caso aconteceu no dia 27 de setembro em Montalvânia, a 782 km de Belo Horizonte.

Segundo a polícia, o morador em situação de rua estava na Praça Cristo Rei, no centro da cidade, quando teria sido agredido por um homem. A ação revoltou dois jovens que começaram a discutir com o suspeito. Nesse momento, ele teriasacado uma arma e atirado na direção das vítimas.

Veja: Homem mata morador de rua a pauladas na região Centro-Sul de BH

Um deles, um adolescente de 17 anos foi atingido no peito e morreu. O outro jovem, de 19 anos, que é primo da vítima, foi ferido na barriga, passou por uma cirurgia e seu estado de saúde é estável.

De acordo com a escrivã Ludmila Nunes Santana, o suspeito nega a versão e afirma ser inocente.

— Ele afirma que estaria, na verdade, tentando proteger o morador em situação de rua. Os dois jovens teriam partido para a agressão e, em defesa, ele teria disparado.

Após o caso, a Polícia Civil instaurou um inquérito e, depois de identificado, o suspeito foi preso preventivamente. Ele foi encaminhado ao presídio de Bocaiúva, a 369 km de Belo Horizonte e poderá responder por homicídio e tentativa de homicídio.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas