Novo Coronavírus

Minas Gerais "Tendência de queda", diz secretário de saúde sobre covid-19 em Minas

"Tendência de queda", diz secretário de saúde sobre covid-19 em Minas

Carlos Eduardo Amaral destaca estabilização no número de casos e ocupação de leitos e queda nos casos positivos confirmados em laboratórios públicos

Secretário apresentou dados sobre a covid-19

Secretário apresentou dados sobre a covid-19

Divulgação / Governo de Minas / Pedro Gontijo

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira (11), que o Governo de Minas vislumbra uma "tendência de queda" nos indicadores da pandemia de covid-19 no Estado.  

De acordo com o secretário, há uma estabilidade no número de casos confirmados e ocupação de leitos hospitalares e uma queda no percentual de exames positivos para a covid-19 realizados em laboratórios públicos e uma tendência de estabilização, "quiçá de queda" do ponto de vista dos óbitos. 

— Nesse contexto, acredito que estamos em um platô e começando a vislumbrar uma tendência à queda. Mas só falarei que está caindo quando tiver certeza de que estamos caindo. 

Ainda de acordo com Amaral, os indicadores de óbitos pela data de ocorrência mostram que o mês de julho fechou em um platô "com discreta tendência à queda". 

— Mas não seria otimista, ainda, de falar que estamos em queda.

Boletim

O Governo de Minas confirmou 16 mortes causadas pela covid-19 no Estado nas últimas 24 horas. Com isso, o número de óbitos em decorrência da doença chegou a 3.613.

Ainda de acordo com o boletim epidemiológico da SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) divulgado nesta terça-feira (11), foram confirmados, no mesmo período, mais 1.476 casos. Agora, são mais de 156 mil em todo o Estado. 

Últimas