Novo Coronavírus

Minas Gerais Vacinação de idosos de 86 a 88 anos tem aglomeração e longas filas

Vacinação de idosos de 86 a 88 anos tem aglomeração e longas filas

Imunização de grupo prioritário começou neste sábado (13), em Belo Horizonte, e centros de saúde amanheceram cheios

  • Minas Gerais | Do R7

Acompanhantes registraram aglomeração na região Centro-Sul de BH

Acompanhantes registraram aglomeração na região Centro-Sul de BH

Divulgação

A vacinação de idosos entre 86 e 88 anos contra a covid-19 começou a ser feita, neste sábado (13), em Belo Horizonte, e alguns centros de saúde amanheceram com longas filas e aglomeração.

Familiares registraram idosos aguardando imunização em pé, em frente ao centro de sáude Oswaldo Cruz, na região Centro-Sul da capital. A Polícia Militar foi chamada para atender a denúncia de aglomeração feita por acompanhantes.

Leia mais: Vacinação de 24 mil idosos começa neste sábado (13) nos postos de BH

Grupo prioritário deve ir até os postos de saúde e levar documento com foto e comprovante de residência. Pessoas com 86 e 87 serão imunizadas entre 9h e 12h. Aqueles com 88 anos serão atendidos de 12h às 15h.

As vacinas serão aplicadas em cerca de 80 centros de saúde de BH e não é necessário nenhum tipo de cadastro prévio. 

Procurada, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que reforçou as orientações sobre as medidas de segurança e ampliou as equipes de vacinação para facilitar agilidade de aplicações. Leia a resposta na íntegra:

A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que a vacinação teve início às 9 horas. Nos locais onde foram identificadas filas, antes mesmo do início da imunização, a Prefeitura reforçou as orientações sobre as medidas de segurança, como distanciamento, e está ampliando as equipes de vacinação para dar maior agilidade na aplicação das doses. Outra medida adotada foi antecipar, já na fila, a conferência dos documentos necessários para receber a dose da vacina.
Para realização da vacinação neste sábado, estão abertos 80 Centros de Saúde e mais de 800 trabalhadores da saúde estão envolvidos na ação. A Prefeitura orienta para evitar aglomeração o idoso deve ir acompanhado por apenas uma pessoa.

Últimas