tragédia brumadinho
Minas Gerais Vale instala barreira de retenção de rejeitos em rio em Pará de Minas

Vale instala barreira de retenção de rejeitos em rio em Pará de Minas

Sistema foi colocado antes do ponto de captação de água da cidade, no Rio Paraopeba; medida é para evitar contaminação com lama de barragem

Medida é para evitar interrupção em abastecimento

Medida é para evitar interrupção em abastecimento

Divulgação / Corpo de Bombeiros

A mineradora Vale inciou, nesta terça-feira (29), a construção de uma barreira de retenção de rejeitos no Rio Paraopeba, na cidade de Pará de Minas, na região Central de Minas Gerais.

De acordo com a companhia, a medida é para evitar que o ponto de captação de água da cidade seja contaminado pela lama de rejeitos da barragem de Brumadinho, rompida na última sexta-feira (25).

A estrutura contará com uma membrana no leito do rio, “protegendo o sistema de captação dos sedimentos”. A previsão é de que o processo de instalação seja concluído nesta quarta-feira (30).

Barragem de Brumadinho tinha problemas de estrutura, diz ativista

Segundo a Águas de Pará de Minas, empresa responsável pelo abastecimento da cidade, o Rio Paraopeba não é a única fonte de recursos hídricos para a população. O sistema conta, também, com a captação em dois ribeirões da região.

Procurada, a prefeitura informou que, até o momento, a distribuição de água na cidade está normalizada. Além disso, o Executivo Municipal afirma que vem monitorando a situação do rio juntamente com a companhia de abastecimento.