Minas Gerais Veja o que pode funcionar neste domingo de Dia das Mães em BH

Veja o que pode funcionar neste domingo de Dia das Mães em BH

Feira Hippie, supermercados, padarias e lojas do Mercado Central voltam a abrir aos domingos na capital mineira

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento e Célio Ribeiro*, do R7

Lojas do Mercado Central voltam a abrir

Lojas do Mercado Central voltam a abrir

Divulgação / PBH / Isabel Baldoni

O domingo (9) de Dia das Mães terá algumas novidades em relação ao funcionamento do comércio e de outras atividades em Belo Horizonte.

Após quatro meses, os expositores da Feira Hippie voltam a ocupar parte das avenidas Afonso Pena e Carandaí, no Centro da capital mineira.

Os empresários apostam na força da data comemorativa para recuperar parte do faturamento perdido por conta das restrições causadas pela covid-19.

Outras feiras ao ar livre espalhadas pelos bairros de BH reabriram neste sábado (8), assim como os clubes recreativos.  Os moradores da capital que preferem fazer as compras de casa no domingo poderão voltar à ir em supermercados, padarias, açougues e lojas do Mercado Central. Esses serviços, que são considerados essenciais, estavam impedidos de receber clientes aos domingos desde o final de março, e agora podem funcionar até às 22h.

Confira aqui o novo horário de funcionamento do comércio em Belo Horizonte

Dia das Mães

Apesar da nova rodada de flexibilizações, o Prefeito Alexandre Kalil (PSD) alertou para os riscos das pessoas se encontrarem com as mães neste domingo. Durante a coletiva de imprensa, Kalil fez referência à morte do ator Paulo Gustavo para pedir cautela aos mais jovens e indicar que as famílias optem pelos encontros virtuais.

— Eu já não tenho a minha [mãe], mas muitos de vocês, que são mais jovens, vão se encontrar com as mães. A morte do Paulo Gustavo é simplesmente a morte de um ente muito querido a todos, mas é mais um CPF que se foi e que não passará mais um Dia das Mães com a mãe dele, que está viva.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento.

Últimas