Minas Gerais Vestida de noiva, filha visita mãe internada antes de se casar em BH

Vestida de noiva, filha visita mãe internada antes de se casar em BH

Mônica Nunes foi hospitalizada 4 dias antes do casamento da filha que já havia sido remarcado devido a um acidente com o noivo

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Uma dona de casa surpreendeu funcionários e pacientes de um hospital de Belo Horizonte ao aparecer no local vestida de noiva no dia do próprio casamento para visitar a mãe, internada com uma fratura.

Verônica Nunes Carmo conta que, há seis anos, sua mãe perdeu a visão por complicações causadas pela diabete. Desde então, Verônica largou o trabalho para cuidar da mãe, Mônica Nunes.

Nos últimos meses, o casamento de Verônica com auxiliar administrativo Saulo Natã Carmo precisou ser reagendado e a família passou por idas e vindas ao hospital devido a problemas de saúde da Mônica.

O cerimônica estava marcada para setembro do ano passado, mas eles adiaram após o noivo sofrer um acidente de moto. A celebração foi remarcada para o dia 15 de maio. Neste período, Dona Mônica sofreu um edema pulmonar e ficou com medo de não ganhar alta médica a tempo.

Verônica recebeu a benção da mãe no hospital

Verônica recebeu a benção da mãe no hospital

Reprodução / Record TV Minas

— Eu falava para a médica que precisava ir embora porque estava chegando o casamento da minha filha. Ela respondeu que, se tudo corresse bem, eu receberia alta bem antes do prazo.

Verônica manteve a data da celebração e a mãe recebeu alta antes da data marcada para o casamento. No entanto, quatro dias antes do casamento, Dona Mônica caiu na sala de casa, quebrou o fêmur e foi internada novamente. Como não havia mais clima para eventos, o casal cancelou a recepção que já era restrita à família e manteve a cerimônia de casamento.

Chateada por não ter a mãe neste momento tão especial, Verônica decidiu surpreender Dona Mônica e passar no hospital momentos antes do casamento. A atitude surpreendeu pacientes e funcionários da instituição, como a assistente social Pollyana Lana, que trabalha na unidade e decidiu ajudar a noiva.

— A paciente estava bastante angustiada de não poder participar deste momento com a filha. Quando nós contamos que a Verônica ia fazer uma visita, a Dona Mônica chorou, ficou muito emocionada. Mas a sensação de gratidão foi nosso, por termos proporcionado este momento.

Album de casamento

Emocionada, Verônica lembra que, mesmo antes de saber que a mãe estaria internada e não participaria de sua festa de casamento, ela decidiu fazer uma sessão de fotos com as duas.

— Alguma coisa no meu coração me fez levá-la para essa sessão de fotos, mas, por outro lado, eu não queria gastar dinheiro com fotos, já que eu ia ser fotografada com ela no dia do casamento. Mas algo dentro de mim falou “faz isso”.

No hospital, o registro se repetiu. Na companhia da sogra e de dois fotógrafos, Verônica posou ao lado da mãe internada. E mesmo com uma visita rápida, Dona Mônica pôde perceber que a filha estava pronta para o grande dia.

— Eu passei a mão no vestido dela, no rosto dela, dei a benção. Foi muito bonito.

Últimas