Inquérito sobre clínica suspeita de torturar internos sai em 10 dias

A Polícia Civil tem 10 dias para concluir o inquérito que investiga uma casa de recuperação na cidade de Prudente de Morais, na região Central de Minas Gerais. Segundo denúncias, 32 internos eram mantidos em cárcere privado no local. Seis pessoas estão presas e um sócio da clínica ainda não se apresentou na delegacia.