Minas Gerais Pacientes com lúpus relatam 'sumiço' da hidroxicloroquina

Pacientes com lúpus relatam 'sumiço' da hidroxicloroquina

Venda do medicamento mais que dobrou em 2020 em comparação a 2019; remédio não tem eficácia contra a covid-19

Não existem estudos científicos que comprovem que o uso de hidroxicloroquina seja eficaz para a prevenção ou no tratamento da covid-19. Mesmo assim, a venda do medicamento mais que dobrou em 2020 em comparação a 2019, antes do início da pandemia do coronavírus. A alta chega a 107%. Enquanto muita gente se arrisca usando o medicamento, pacientes que têm lúpus não conseguem pegar o remédio de graça na Farmácia de Minas, porque a demanda aumentou muito.

Últimas