Minas Gerais Sargento é suspeito de matar prima em Minas para receber seguro

Sargento é suspeito de matar prima em Minas para receber seguro

Apólices somavam R$ 23 milhões e não teriam sido contratadas pela vítima, que era cabeleireira em Muriaé (MG)

Um policial militar foi preso suspeito de matar a prima, de 34 anos, em Muriaé, a 322 km de Belo Horizonte. O crime, cometido no dia 1º de junho, teria sido motivado pelo seguro de vida de R$ 23 milhões em nome da vítima. A cabeleireira chegou a ser internada, mas morreu três dias após ser baleada

Últimas