Novo Coronavírus

Minas Gerais Zema cogita reabertura de estádios e casas de shows em MG para 2021 

Zema cogita reabertura de estádios e casas de shows em MG para 2021 

Governador de Minas Gerais diz que fim do isolamento social deve ser gradativo e que analisa orientações específicas para cidades do interior

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Setor de entretenimento deve ser o último a ser flexibilizado

Setor de entretenimento deve ser o último a ser flexibilizado

Robert Ghement/EFE - 21.06.2013

O governador de Mina Gerais, Romeu Zema (Novo), cogitou, nesta terça-feira (14), em entrevista à Record TV Minas, que a reabertura de estádios e casas de shows no Estado pode ficar para 2021.

Segundo Zema, o setor de entretenimento, bem como as grandes igrejas e escolas, devem ser os últimos a ter reduzido o isolamento social de contenção da covid-19.

— Esse confinamento vai ser reduzido gradativamente. Estádios de futebol, igrejas, casas de eventos e escolas grandes com certeza não abrem antes de 90 ou 120 dias. Pode ser que fique para o ano que vem. Seria uma falta de censo minha aqui dar uma previsão exata. Tudo vai depender de como vai estar a quantidade de casos aqui em Minas.

O chefe do Executivo estadual descatou que a reabertura dos comércios em Minas deve acontecer progressivamente, respeitando o nível de contaminação registrado em cada município. Para isto, o Governo está preparando uma série de regras para as cidades que optarem pela flexibilização.

— A decisão [de reabertura] não é minha e nem do presidente Bolsonaro. Ela é do prefeito. Ele que assina e cassa o alvará de funcionamento. Então queremos que os prefeitos mineiros sejam os mais bem informados.

Ainda segundo Zema, as determinações que devem ser seguidas pelos prefeitos devem ser divulgadas nos próximos dias.

Veja mais:

Últimas