tragédia brumadinho

Minas Gerais Zema participa de homenagem às vítimas da tragédia de Brumadinho

Zema participa de homenagem às vítimas da tragédia de Brumadinho

Governador de Minas Gerais esteve em ato na base dos Bombeiros em Brumadinho, no aniversário de 2 anos do rompimento

Zema participa de ato na base dos Bombeiros

Zema participa de ato na base dos Bombeiros

Reprodução / Redes sociais

O Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), participa de um ato em homenagem às vítimas da tragédia de Brumadinho, que completa dois anos nesta segunda-feira (25).

A solenidade, realizada na Base Bravo do Corpo de Bombeiros no município, conta com a presença dos familiares das 272 vítimas do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, incluindo os parentes das 11 pessoas que ainda não foram encontradas. O Governador afirmou que não vai permitir que outra tragédia como essa aconteça.

— Se depender de nós, não se repetirá. Não podemos ter famílias destroçadas por erros como os que foram cometidos aqui.

Homenagens

Desde as primeiras horas desta segunda-feira, vários atos relembrando os dois anos da tragédia foram realizados em Brumadinho e em outros pontos da região metropolitana de Belo Horizonte. Na capital, um grupo se reuniu na porta do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) pedindo punição aos responsáveis pelo rompimento.

Em Brumadinho, balões vermelhos com o nome de cada um dos mortos foram colocados em um gramado na entrada da cidade. Por volta de meio-dia, foi lida a lista com o nome dos 272 mortos no rompimento. A cada nome lido, um familiar gritava “ausente”, demonstrando o vazio que ficou na vida dessas pessoas.

Balões pretos e brancos foram soltos pontualmente às 12h28, horário em que a barragem se rompeu no dia 25 de janeiro de 2019. Cada balão branco simbolizava uma vida perdida, enquanto cada balão preto representava o número de dias que se passaram desde então.

Últimas