Notícias Para imunizar jovens, cidades do interior aderem a balada e festa sertaneja

Para imunizar jovens, cidades do interior aderem a balada e festa sertaneja

Agência Estado

Cidades do interior de São Paulo estão recorrendo às baladas e festas sertanejas para atrair jovens à vacinação contra a covid-19. A estratégia já foi adotada com sucesso em Assis, Jaú e Cândido Mota. A iniciativa pode ter inspirado a prefeitura da capital, que programou a 'virada da vacinação' para este fim de semana, vacinando durante 34 horas seguidas jovens de entre 18 e 21 anos.

A prefeitura de Cândido Mota instalou jogos de luzes coloridas em um clube social da cidade para realizar o "Vacifest", a festa da vacina. O resultado foi um recorde: em uma única noite, no dia 10, foram aplicadas 1.515 doses. Os jovens se apresentaram para a vacinação embalados por uma seleção de músicas sertanejas. A fórmula foi repetida nesta sexta-feira, 13.

Em Assis, a "Vacina Fest" começou na terça-feira, 10, e se estendeu até a madrugada de quarta, 11. Ao final, 5.242 jovens a partir de 18 anos tinham sido vacinados. Conforme a secretária da Saúde, Cristiani Silvério, a fórmula do evento foi pensada para atrair um público que estava um pouco arredio à vacinação. "Com nossa equipe de profissionais, preparamos um ambiente ao estilo de balada, com luzes, DJ e música, um verdadeiro clima de festa", disse.

Ela lembrou que a juventude local estava há mais de um ano sem participar de eventos festivos. Mesmo assim, foram tomados cuidados, como o uso de máscara e distanciamento, além da possibilidade de receber a dose sem descer do carro. "A balada improvisada serviu para dar uma ideia de como será a vida depois que todo mundo for vacinado", disse.

A prefeitura de Jaú optou por "corujões", realizados na quarta-feira, 11, para vacinar os jovens com idade a partir de 18 anos. Um deles aconteceu no prédio da prefeitura, das 18 às 21 horas, o outro, no mesmo horário, no distrito de Potunduva, em ambiente com música. Conforme o município, a experiência funcionou e a vacinação no período noturno deve ser repetida.

A iniciativa de promover festas noturnas a fim de atrair os jovens para a vacinação partiu da prefeitura de Jandira, na Grande São Paulo. O "Imuniza Fest" começou às 8 horas de sexta-feira, 6, e terminou às 7 horas da manhã seguinte. A ação atendeu o público entre 18 e 25 anos. Durante a ação, realizada no posto de vacinação, na Praça de Eventos, foram aplicadas 4,8 mil doses, segundo a prefeitura.

Últimas