Folha de Pernambuco Acesso na Série C não será mais decidido no mata-mata

Acesso na Série C não será mais decidido no mata-mata

Clubes participantes da Terceira Divisão votaram a favor da mudança da fórmula do acesso

Clubes participantes da Terceira Divisão votaram a favor da mudança da fórmula do acesso

Clubes participantes da Terceira Divisão votaram a favor da mudança da fórmula do acesso

Folha de Pernambuco

Em reunião nesta segunda-feira, o Congresso Técnico da Série C aprovou o pedido do Santa Cruz, Remo e Paysandu por 16 votos a 4 e a fórmula de disputa da segunda fase do torneio será alterada. A partir deste ano os quatros melhores posicionados dos Grupos A e B, ao invés de avançarem para as quartas de finais, irão compor dois novos quadrangulares (1A, 4A, 2B e 3B compõem uma chave e 1B, 4B, 2A e 3A em outra).

Neles, os dois primeiros carimbam o acesso e seguem para as semifinais, onde vão lutar pela chance do título. Além disso, os finalistas disputarão 26 jogos ao todo (eram 24 antes) e terão o calendário ocupado até novembro. O número mínimo de partidas permanecem 18.

.Leia também:

Santa encara erros na Série C como lição para um 2020 promissor

Santa domina Náutico e garante vaga na semifinal do Estadual

Atacantes refletem momentos distintos de Santa e Náutico

O regulamento desagradava clubes tradicionais que enfrentaram dificuldades e não obtiveram o acesso, caso dos clubes responsáveis pela proposta. A Cobra Coral, por exemplo, desperdiçou a chance de subir à Série B em 2018 após perder para o Operário/PR nas quartas de finais. Existem aqueles clubes que amargaram frustrações consecutivas na antiga fórmula, como o Fortaleza. O Tricolor do Pici foi eliminado cinco vezes na fase decisiva, até alcançar o sonhado objetivo em 2017.

Últimas