Folha de Pernambuco Acordo fechado pelo Sport não quita dívidas por Rithely

Acordo fechado pelo Sport não quita dívidas por Rithely

Patrocínio com a Gav Resorts, fechado em janeiro do mês passado, paga apenas R$ 1 milhão do débito com o jogador

Patrocínio com a Gav Resorts, fechado em janeiro do mês passado, paga apenas R$ 1 milhão do débito com o jogador

Patrocínio com a Gav Resorts, fechado em janeiro do mês passado, paga apenas R$ 1 milhão do débito com o jogador

Folha de Pernambuco

No final do último mês, o Sport havia anunciado a Gav Resorts como novo patrocinador. Na época, o diretor de marketing do Leão, Rafael Soares, afirmou que o acordo serviria como permuta para quitar a dívida do clube pernambucano com Rithely. Algo em torno de R$ 5 milhões. Entretanto, nesta quarta-feira (19), foram divulgados nas redes sociais, documentos que mostram valores diferentes nas negociações.

A dívida do Sport com os representantes de Rithely foi construída ainda na gestão Arnaldo Barros, em 2017. Na ocasião, o clube que já era dono de 50% dos direitos econômicos do atleta, adquiriu a outra metade junto às empresas JRP e Luppi, mas acabou não pagando pelo acordo. Por causa do débito, os agentes do volante colocaram o Rubro-negro na Justiça Comum, na época, justificando não ter recebido nada pelo pacto. Neste ano, o valor girava na casa dos R$ 7,5 milhões por conta dos juros.

O acordo divulgado pelo clube em 29 de janeiro deste ano seria para sanar as dívidas com a JRP. Porém, ao contrário do anunciado pelo departamento de marketing rubro-negro, a empresa recebeu R$ 1 milhão pelo acerto do clube com a Gav Resorts. Segundo o documento divulgado nesta quarta, o Sport pagará os R$ 4 milhões que restam do déficit de forma parcelada. Serão 40 parcelas de R$ 100 mil.

Em contato com a reportagem, o vice-presidente do Sport, Carlos Frederico, falou sobre o caso. "Não tem mistério, fechamos um patrocínio de R$ 1 milhão. Gostaria muito que uma omoplata valesse R$ 7,5 milhões. Acho que nenhum clube do País tem uma omoplata tão cara. Tem vários contratos envolvidos e vamos pagar o resto ao atleta. Foi tudo repactuado, acertado, e será pago de forma parcelada", declarou.

Leia também:
Farias fala sobre pressão e afirma ser hora de 'juntar os cacos'
Juninho chega ao Guarani, mas já enfrenta resistência


Apesar do diretor de marketing rubro-negro, Rafael Soares, ter confirmado à reportagem na época, que o novo parceiro quitaria as dívidas com Rithely, Carlos Frederico negou que alguém do clube tenha dado tal informação. "Fico espantado como caíram nessa fake news. Eu entendo isso como uma coisa de má fé, pois ninguém de dentro do Sport falou que o acordo seria para a quitação de dívida", limitou-se a falar.

Últimas