Aldeia, na RMR, recebe ações que reforçam medidas de isolamento social

Na operação, 50 profissionais da prefeitura estão entregando cerca de 2 mil máscaras, álcool em gel para a população, e conscientizando sobre a importância de respeitar as medidas da quarentena

Na operação, 50 profissionais da prefeitura estão entregando cerca de 2 mil máscaras, álcool em gel para a população, e conscientizando sobre a importância de respeitar as medidas da quarentena

Na operação, 50 profissionais da prefeitura estão entregando cerca de 2 mil máscaras, álcool em gel para a população, e conscientizando sobre a importância de respeitar as medidas da quarentena

Folha de Pernambuco

O bairro de Vera Cruz, na cidade de Camaragibe e dentro da região de Aldeia, recebe na manhã desta terça-feira (19) a Operação Choque de Ordem, uma ação conjunta entre a Prefeitura do município e o Governo do Estado para reforçar as medidas de isolamento social mais rigoroso.

Na operação, 50 profissionais da prefeitura estão entregando cerca de 2 mil máscaras, álcool em gel para a população, e conscientizando sobre a importância de respeitar as medidas da quarentena.

Fiscalizações de trânsito também estão sendo realizadas. Nos pontos de bloqueios as abordagens serão intensificadas para que somente circulem os veículos com a placa correspondente ao dia. Um dos objetivos da operação é o fechamento dos comércios que estiverem atuando de forma irregular, descumprindo o decreto estadual. As atividades serão realizadas em uma parceria da Guarda Municipal de Camaragibe com a Polícia Militar e o Controle Urbano do município.

Leia também:
Camaragibe monta operação para quarentena rígida
Prefeitura de Camaragibe fecha dez lojas de comércio não essencial
São Lourenço e Camaragibe se organizam para cumprir quarentena


Segundo a prefeita de Camaragibe, Nadegi Queiroz, a ação no bairro é importante para conscientizar sobre os cuidados que as pessoas devem ter com o novo coronavírus. “Essa ação é para intensificar a quarentena. Se fizermos só no centro da cidade a gente não consegue sensibilizar toda população. Se não formos aos bairros, com as equipes, eles vão perceber que existe uma real preocupação com todos. É descentralizar tudo e fazer alguns exames de rotina com essas pessoas, como diabéticos, para conscientizar”, disse.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte