Arena de Pernambuco se candidata a receber final da Sul-Americana

Conmebol divulgou a relação dos estádios postulantes para sediar as finais das competições continentais de clubes entre 2021 e 2023

Conmebol divulgou a relação dos estádios postulantes para sediar as finais das competições continentais de clubes entre 2021 e 2023

Conmebol divulgou a relação dos estádios postulantes para sediar as finais das competições continentais de clubes entre 2021 e 2023

Folha de Pernambuco

A Arena de Pernambuco é uma das postulantes a sediar a final da Copa Sul-Americana. Nesta quinta (14), a Conmebol divulgou a relação dos estádios que possuem interesse em receber decisões de competições continentais de clubes entre 2021 e 2023. Além do palco pernambucano, um dos locais que abrigou jogos da Copa do Mundo de 2014, outras arenas brasileiras também se candidataram para servir de casa nas próximas partidas valendo o título da Libertadores da América e da Sul-Americana.

Para o próximo ano, os representantes brasileiros que entraram na disputa para receber a final da Libertadores foram Arena da Baixada (Paraná), Beira-Rio (Rio Grande do Sul), Arena Corinthians e Morumbi (ambos em São Paulo). Estádios da Argentina, Chile e Equador também concorrem. Em 2022, na mesma competição, o quarteto do Brasil também está na disputa, com o acréscimo do Maracanã (Rio de Janeiro). Nos demais países sul-americanos, os adicionais são Peru e Uruguai. Em 2023, a lista verde-amarela se repete. Nos demais, sai Uruguai e entra Colômbia.

Na Sul-Americana de 2021 a 2023, concorrem pelo Brasil, além da Arena de Pernambuco, os estádios Mané Garrincha (Brasília), Arena da Baixada (Paraná), Beira-Rio (Rio Grande do Sul), Arena Castelão (Ceará), Arena Fonte Nova (Bahia) e Maracanã (Rio de Janeiro). Chile, Colômbia, Peru, Equador e Argentina també, tentam sediar o evento.

Leia também:
Sport não descarta chegadas, mas atual elenco deve ter saídas
Conmebol recua e evita projetar datas para Libertadores e Eliminatórias