Barcelona e Real empatam em jogo com protestos dentro e fora do estádio

As equipes dividem a liderança do campeonato, com 36 pontos. Os catalães, porém, levam vantagem sobre os madridistas no saldo de gols

As equipes dividem a liderança do campeonato, com 36 pontos. Os catalães, porém, levam vantagem sobre os madridistas no saldo de gols

As equipes dividem a liderança do campeonato, com 36 pontos. Os catalães, porém, levam vantagem sobre os madridistas no saldo de gols

Folha de Pernambuco

Barcelona e Real Madrid empataram sem gols nesta quarta-feira (18), no Camp Nou, em jogo atrasado do Campeonato Espanhol. Válido pela décima rodada da liga, o clássico deveria ter sido realizado no dia 26 de outubro, mas foi adiado em razão de manifestações populares que tomaram a Catalunha na ocasião, após a Suprema Corte condenar nove líderes separatistas a até 13 anos de prisão.

Havia a preocupação de que novos protestos pudessem eclodir nas proximidades do Camp Nou. Não só aconteceram fora do estádio, com confronto entre manifestantes e policiais, mas também durante a partida. Aos 10 minutos do segundo tempo, no momento em que o chileno Arturo Vidal entrou como substituto de Nélson Semedo, o jogo precisou ficar paralisado por cerca de dois minutos depois que torcedores do Barcelona arremessaram bolas de futebol no campo.

Além das bolas, a torcida do Barça também exibiu duas faixas políticas nas arquibancadas do Camp Nou: uma delas dizia #SpainSitAndTalk (Espanha, sente-se e fale), lema do grupo manifestante Tsunami Democràtic, e a outra tinha a inscrição "Freedom" (Liberdade, em inglês). As equipes dividem a liderança do campeonato, com 36 pontos. Os catalães, porém, levam vantagem sobre os madridistas no saldo de gols, primeiro critério de desempate: 23 gols de saldo para o Barça contra 21 do Real.

Leia também:
Real Madrid vence Alavés e assume liderança provisória
Neymar processa o Barcelona para o pagamento de mais de € 3 milhões