Betinho vira desfalque e só deve voltar contra o Náutico

Volante deixou a partida contra o Central, na última terça (28), de ambulância, e foi diagnosticado com concussão

Volante deixou a partida contra o Central, na última terça (28), de ambulância, e foi diagnosticado com concussão

Volante deixou a partida contra o Central, na última terça (28), de ambulância, e foi diagnosticado com concussão

Folha de Pernambuco

Depois de entrar no decorrer da partida contra o CSA, o volante Betinho fez seu primeiro jogo como titular com a camisa do Sport, na noite da última terça-feira, mas não teve uma noite feliz. Após dividida com o zagueiro Allan Miguel, do Central, o volante teve que deixar a Arena de ambulância. Além de levar pontos por conta do ferimento na cabeça, o jogador foi diagnosticado com uma concussão e ficará fora de combate pelos próximos dez dias.

"Betinho sofreu uma concussão, que é um trauma com perda de consciência temporária. Foi levado ao hospital, submetido a exames, sutura do ferimento e foi liberado após período de observação. Está em casa, medicado, ele vai ficar de fora de contato com bola e com choque durante pelo menos dez dias, período previsto. E deve se reapresentar no CT no sábado ou domingo para reavaliação. A princípio são dez dias de afastamento para poder não ter novo choque de cabeça, não correr risco de novo choque de jogo. Mas aí ele vai poder ficar treinando a parte física depois disso", explicou o médico do Sport, Raul Lins.

A expectativa é que Betinho retorne aos gramados no clássico contra o Náutico, no dia 15 de fevereiro, pela Copa do Nordeste. Até lá, o volante deve perder as partidas diante do Vitória pelo Nordestão, contra Retrô e Decisão pelo Estadual, e o duelo frente ao Imperatriz/MA, pela Copa do Brasil.

Leia também:
Após quase marcar, Hernane aprova estreia na temporada
Guto vê 'crescimento' do Sport na vitória sobre o Central
Em jogo fraco, Sport bate Central e vence primeira no Estadual