Crise do coronavírus exige novo Plano Marshal, diz OCDE

A pandemia é o terceiro e maior choque do século 21

A pandemia é o terceiro e maior choque do século 21

A pandemia é o terceiro e maior choque do século 21

Folha de Pernambuco

A crise do coronavírus exige uma resposta com "a ambição do Plano Marshall [plano de reconstrução da Europa depois da Segunda Guerra Mundial] e a visão do New Deal [programa de combate aos efeitos da recessão dos anos 1930 nos EUA]", afirmou neste sábado (21) o secretário-geral da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), o mexicano Angel Gurria.

A pandemia é "o terceiro e maior choque do século 21", segundo ele, e a profundidade dos impactos econômicos, sociais e de saúde exigem que os países coordenem melhor seus esforços.

"É cada vez mais provável uma sequência de quedas dos PIBs regionais e globais neste trimestre e nos próximos trimestres de 2020, e precisamos atuar para evitar uma recessão duradoura", afirmou Gurria.

Leia também: 
Crise do coronavírus faz planos de saúde cancelarem autorizações para exames e cirurgias
Anatel fecha acordo com setor de telecom sobre operação durante crise do coronavírus


Para o economista, a única forma de combater o que chamou de "crise sem precedências" é um esforço internacional amplo e confiável, que fortaleça a saúde pública, alivie o choque econômico e desenhe o caminho para a recuperação.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte