Dínamo de Kiev é multado após caso de racismo

Federação Ucraniana multou o clube europeu em 20 mil euros e uma partida de portões fechados após a torcida proferir ataques racistas contra os brasileiros Taison e Dentinho

Federação Ucraniana multou o clube europeu em 20 mil euros e uma partida de portões fechados após a torcida proferir ataques racistas contra os brasileiros Taison e Dentinho

Federação Ucraniana multou o clube europeu em 20 mil euros e uma partida de portões fechados após a torcida proferir ataques racistas contra os brasileiros Taison e Dentinho

Folha de Pernambuco

A Federação Ucraniana de Futebol decidiu punir o Dínamo de Kiev por conta dos ataques racistas ao jogador brasileiro Taison. Na ocasião, torcedores do clube ucraniano insultaram o atacante brasileiro, que se irritou com o acontecido, chutando a bola contra a torcida e fazendo um gesto obsceno.

A atitude do atacante resultou na sua expulsão da partida, mas somente nesta terça-feira a federação da país europeu decidiu pela punição devido as atitudes dos torcedores do clube. Segundo a imprensa da Ucrânia, a federação irá punir o time com uma multa de aproximadamente 20 mil euros e uma partida com portões fechados.

Leia também:
Atleta do Sport sub-20 denuncia caso de racismo
Brasileiros são alvos de racismo em jogo na Ucrânia


Na ocasião o jogador brasileiro Dentinho também sofreu com gritos racistas vindos da arquibancada, mas o estopim do caso se deu somente quando Taison se revoltou com o acontecido. Além dos dois brasileiros, somente nesta temporada os atacantes Lukaku e Balotelli, que disputam o campeonato italiano também foram vítimas de atitudes racistas em jogos de clubes.