Em Noronha, 75% dos infectados estão curados

Dos 28 casos confirmados da Covid-19 na ilha até o momento, 21 está clinicamente recuperado

Dos 28 casos confirmados da Covid-19 na ilha até o momento, 21 está clinicamente recuperado

Dos 28 casos confirmados da Covid-19 na ilha até o momento, 21 está clinicamente recuperado

Folha de Pernambuco

Nas últimas 24 horas, foram confirmadas mais nove curas clínicas de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus em Fernando de Noronha. O número de recuperados na ilha subiu para 21 entre os 28 infectados - 17 homens e 11 mulheres com idades entre 25 e 59 anos. As sete pessoas ainda em tratamento seguem em isolamento domiciliar. Não há ninguém internado e nenhum novo caso foi registrado nas últimas 24 horas, embora ainda haja nove exames em investigação.

Hospital de campanha
A Administração de Noronha, com o apoio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), finalizou as instalações do hospital de campanha, montado como medida preventiva para o atendimento a pacientes com Covid-19 na Ilha.

Uma área de 253 m² da Escola Arquipélago foi adaptada para receber seis leitos destinados a pacientes suspeitos ou confirmados com o novo coronavírus.

Também foi iniciada a contratação de profissionais de saúde para reforçar a equipe na ilha. Chegaram recentemente à Ilha dois médicos e um enfermeiro. Ao todo, serão contratados seis médicos, cinco enfermeiros e três técnicos de enfermagem.

Quarentena
Desde a última segunda-feira (20), Fernando de Noronha entrou em quarentena, com a circulação de pessoas nas vias públicas mediante permissão da Administração da lha. Isso acontece apenas em casos de atendimento de necessidades essenciais e imediatas, como aquisição de gêneros alimentícios, de remédios e produtos de higiene, além de atendimento ou socorro médico, atividade de pesca, restrita a três pessoas por embarcação e condicionada autorização do administrador e serviços bancários.

Para isso, o morador deve preencher um formulário com o motivo da saída para receber a autorização. Todo o comércio não essencial está fechado. A quarentena foi instituída em Noronha em virtude do Decreto 48.955 do Governo do Estado de Pernambuco e segue até o próximo dia 30 de abril.

Uma equipe multissetorial da Secretaria Estadual de Saúde e do Ministério da Saúde está em Noronha desde o último dia 18, para realização de um estudo epidemiológico completo do novo coronavírus na ilha a fim de definir os próximos passos e as
ações preventivas adotadas no arquipélago.

Leia também:
Em 40 dias, Pernambuco mobilizou 1.067 leitos para a Covid-19
Covid-19: número de curas supera o de óbitos em Pernambuco
Pernambuco registra 460 novos infectados e 35 mortes pela Covid-19 em 24h


Testagem
As pessoas que tiveram contato com pacientes confirmados estão sendo testadas, em uma tentativa de identificar todos os possíveis contaminados, isolando o vírus.

Aeroporto
Está proibido o desembarque de moradores no aeroporto Wilson Campos desde o dia 5 de abril. O acesso ao local também está limitado às pessoas que farão check-in para deixarem o arquipélago. A exceção é para funcionários, policiais, corpo de bombeiros e vigilância em saúde. O fechamento do aeroporto, determinado pelo Governo do Estado, atende a um pleito do conselho de moradores, como mais uma medida de combate ao novo coronavírus.

No Porto, estão suspensas as atividades turísticas e os passeios de barco, além de estar sendo empregado um rigoroso protocolo pela vigilância de saúde na chegada dos barcos de cabotagem, com a investigação epidemiológica dos tripulantes.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

+ Coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo  + Coronavírus na Política + Coronavírus na Economia + Coronavírus em Diversão&Arte + Coronavírus no Esporte

Últimas