Em volta de Neymar à Champions, PSG arranca empate do Real Madrid

Em jogo de quatro gols, Real Madrid e PSG empatam no Santiago Bernabéu, com emoção até o final

Em jogo de quatro gols, Real Madrid e PSG empatam no Santiago Bernabéu, com emoção até o final

Em jogo de quatro gols, Real Madrid e PSG empatam no Santiago Bernabéu, com emoção até o final

Folha de Pernambuco

Nesta terça-feira (26), Neymar voltou a disputar uma partida pela Champions League quase um ano depois de seu último jogo no principal torneio de clubes da Europa.

Por opção de Thomas Tuchel, técnico do PSG, o brasileiro iniciou o duelo contra o Real Madrid no banco de reservas e só pisou no gramado do Santiago Bernabeu logo após o intervalo.

Leia também:
Neymar se recusa a renovar com o PSG e ainda pensa no Barcelona
Dallas Cowboys lidera lista de clubes ricos; Real Madrid é 3°


Quando ele foi acionado, o time espanhol já vencia por 1 a 0, gol de Benzema, o mesmo que ampliaria o marcador aos 34 da etapa final. Com gols de Mbappé e Sarabia, os franceses buscaram o empate.

Com o resultado, o PSG garantiu a liderança do Grupo A. O Real Madrid, por sua vez, avançará às oitavas de final em segundo.

Antes deste jogo, a última atuação de Neymar na liga havia sido em 11 de dezembro de 2018, na goleada sobre o Estrela Vermelha, por 4 a 1.
Devido a uma lesão no quinto metatarso do pé direito, ele não atuou nos jogos contra o Manchester United pelas oitavas de final e ainda acabou punido pela Uefa por criticar a arbitragem que atuou nos jogos do mata-mata pelas redes sociais.

Inicialmente, ele recebeu um gancho de três jogos, reduzido depois para dois. Ele já poderia ter atuado na terceira rodada da fase de grupos, contra o Brugge, mas ainda se recuperava de lesão. O atacante voltou a campo somente na última sexta-feira (22), quando jogou por 65 minutos diante do Lille pelo Francês.

Na partida desta terça, o brasileiro teve atuação discreta, mas quase ajudou o PSG a virar o jogo no fim, com uma finalização que passou perto, mas acertou a rede pelo lado de fora.

No último minuto do jogo, quem teve a melhor chance de marcar foi o galês Bale, que acertou a trave em uma cobrança de falta.

Além do Real Madrid, outros times garantiram a passagem para as oitavas de final, ontem. Um deles foi o Tottenham do técnico José Mourinho. Na partida que marcou a estreia do Special One, os Spurs sofreram dois gols do Olympiacos, mas conseguiram a virada com Dele Alli, Harry Kane (duas vezes) e Aurier. Com o resultado, o time inglês chegou a 10 pontos e vão avançar ao mata-mata em segundo do Grupo B, uma vez que a primeira posição já foi confirmada pelo Bayern de Munique. A equipe alemã goleou o Estrela Vermelha por 6x0, fora de casa.

Outro time inglês confirmar a sua classificação para as oitavas foi o Manchester City. O time comandado por Pep Guardiola, porém, não saiu do empate com o Shakhtar Donestk, em casa. Os Citizens abriram o placar no segundo tempo com Gündogan - após assistência de Gabriel Jesus -, mas cedeu a igualdade em gol marcado por Solomon. O resultado deixa os ucranianos, que têm seis pontos, dependendo apenas de si na última rodada da fase de grupos, contra a Atalanta. Esta, por sua vez, venceu o Dínamo Zagreb (cinco pontos) por 2x0, chegou a quatro unidades e manteve viva as chances de avançar de fase.

Pelo Grupo D, a já classificada Juventus garantiu o primeiro lugar ao derrotar o Atlético de Madrid por 1x0, gol do argentino Paulo Dybala. Na outra partida da chave, o Lokomotiv Moscou acabou derrotado (2x0) em casa pelo Bayer Leverkusen. Com sete pontos ganhos, os espanhóis podem alcançar a classificação caso vençam os russos na última rodada. Se empatar, terá que torcer por tropeço dos alemães, que têm seis unidades, diante da Juventus.