Empresário faz comentários racistas contra Maju Coutinho e Thelma Assis, e famosas criticam

Rodrigo Branco, ex-diretor da Band e guia de celebridades em Orlando, participou de live da digital influencer Ju de Paulla

Rodrigo Branco, ex-diretor da Band e guia de celebridades em Orlando, participou de live da digital influencer Ju de Paulla

Rodrigo Branco, ex-diretor da Band e guia de celebridades em Orlando, participou de live da digital influencer Ju de Paulla

Folha de Pernambuco

Um triste episódio ocorreu na última segunda-feira (30) e vem repercutindo nas redes sociais. O ex-diretor da Band e empresário Rodrigo Branco fez comentários extremamente racistas contra a jornalista Maju Coutinho e a médica e BBB Thelma Assis. Ele, que é conhecido por ser guia de turismo de celebridades em Orlando, falou, durante uma live da digital influencer Ju de Paulla, que "torcer por Thelma é racismo", justificando que a torcida da sister só existe porque "ela é negra coitada".

Apesar do assunto ser, inicialmente, o Big Brother Brasil, Branco foi além e também fez críticas à jornalista Maju Coutinho. "Ela é péssima, é horrível. Eu assisti hoje e ela fala tudo errado. Ela só está lá por causa da cor", comentou o empresário.

As reações vieram dos mais diversos lugares e Ju de Paulla postou, no seu Instagram, uma nota sobre o assunto. "Eu fiquei sem acreditar no que estava ouvindo. Eu até tentei explicar para Rodrigo e para os seguidores o quão racista é aquela fala dele, mas fui interrompida algumas vezes. Fiquei muito nervosa e confesso que fiquei sem saber como agir", explicou.

Maju e Thelma sofreram os ataques do empresário

Maju e Thelma sofreram os ataques do empresário

Folha de Pernambuco

Maju e Thelma sofreram os ataques do empresário - Crédito: Divulgação 

Rodrigo também foi ao Instagram para pedir desculpas pelo ocorrido. "Várias vezes já falei besteiras e já falei de coisas que mudei de ideia", declarou. "Queria falar uma coisa e falei totalmente outra coisa, fui totalmente racista", continuou.

A filósofa e ativista Djamila Ribeiro também fez uma postagem sobre o assunto. "Não vou reproduzir o vídeo, os comentários são ofensivos, mas vamos analisar a fala criminosa. Branco se refere à Thelma como 'negra coitada', expressão comumente usada por racistas para, do alto dos seus privilégios, darem a entender que mulheres negras se fazem de vítimas para conseguir o que querem", avaliou a pensadora. A sua publicação, aliás, foi compartilhada pela cantora Iza.

Leia mais

Roteiro original do filme "A história da eternidade" ganha livro da Cepe
Globoplay anuncia 15 séries em abril para assistir durante a quarentena

A cantora Preta Gil, que é amiga de Rodrigo Branco, não se calou e também criticou as falas racistas. "Quando você tem um amigo há 20 anos e de uma hora para outra, numa live, ele demonstra um pensamento que você nunca tinha escutado ele dizer e que fere a mim e aos meus, o que fazer?", comentou a artista. "Racismo é crime, e ignorância histórica intelectual, hoje em dia, vindo de um homem branco e rico, é inaceitável. [...] O que ele fez é muito grave, muito sério, e que ele assuma e pague as consequências dos seus atos.[...] não se tolera e nem relativiza mais essa mazela na nossa sociedade, que já causou tanta dor e sofrimento", finalizou Preta.

Família de Thelma, do BBB 20, diz que processará empresário por racismo

Citada por comentário racista, Thelma, participante do BBB 20, deverá travar na Justiça um processo contra o empresário Rodrigo Branco.

A família da participante já declarou que buscará os direitos da enfermeira por causa do episódio. "A respeito do conteúdo de uma live, feita ontem, amplamente divulgada nas redes sociais e meios de comunicação, estamos adotando as providências cabíveis na defesa dos interesses da Thelma e da população negra brasileira", escreveu quem cuida das redes sociais dela.