Evasão na educação básica apresenta queda, aponta Censo Escolar

No ensino médio, indicativo passou de 11,1% para 9,1%

No ensino médio, indicativo passou de 11,1% para 9,1%

No ensino médio, indicativo passou de 11,1% para 9,1%

Folha de Pernambuco

Números divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontou que a evasão escolar na educação básica diminuiu em comparação com o último levantamento de fluxo escolar, feito em 2014. O atual levantamento do Inep mostra os indicadores de fluxo escolar na transição 2016/2017.

Nas séries do ensino fundamental, a taxa de evasão caiu de 5% para 4,3%, na transição dos anos 2016 e 2017. No mesmo período, já para o ensino médio, indicativo passou de 11,1% para 9,1%. Nos anos iniciais do ensino fundamental, a taxa de repetência passou de 7,4% em 2014 para 7,1% em 2016 e a evasão escolar caiu 0,1%, atingindo 1,5% em 2016.

A partir dos indicadores é possível acompanhar o desempenho das redes de ensino de todo o território nacional, por etapa de ensino, do 1º ano do ensino fundamental ao final do ensino médio. O levantamento refere-se à situação do aluno ao final de um período letivo, sendo apurado diretamente pelo Censo Escolar. Tais dados são calculados com base em uma metodologia de acompanhamento da trajetória dos estudantes e avaliam a transição do aluno entre dois anos consecutivos.