Folha de Pernambuco Federer salva sete match points e avança Austrália

Federer salva sete match points e avança Austrália

Tenista suiço derrotou Tennys Sandgren e agora terá o sérvio Novak Djokovic pela semifinal do Aberto da Austrália

Tenista suiço derrotou Tennys Sandgren e agora terá o sérvio Novak Djokovic pela semifinal do Aberto da Austrália

Tenista suiço derrotou Tennys Sandgren e agora terá o sérvio Novak Djokovic pela semifinal do Aberto da Austrália

Folha de Pernambuco

O suíço Roger Federer, número três do mundo, se classificou nesta terça-feira (28) para as semifinais do Aberto da Austrália, após vencer uma batalha de cinco sets contra o americano Tennys Sandgren, depois de salvar sete 'match points' no quarto set.

Federer, 38 anos, que sofria visivelmente algum incômodo físico, venceu com parciais de 6/3, 2/6, 2/6, 7/6 (10/8) e 6/3, em uma partida que durou quatro horas. A vitória difícil se soma aos cinco sets e três horas e 31 minutos que precisou para derrotar o australiano John Millman na terceira rodada.

Nas semifinais, o suíço não poderá se dar ao luxo de não jogar a 100% de sua capacidade, já que enfrentará o sérvio Novak Djokovic, atual campeão doAberto da Austrália e que venceu em três sets o canadense Milos Raonic (35º), por 6/4, 6/3, 7/6 (7/1).

"Hoje tive uma sorte incrível, fui melhorando meu jogo à medida que a partida avançava e que diminuía a pressão. Eu disse apenas: acredito em milagres", declarou Federer, que salvou três match points quando perdia por 5-4 e outros quatro, três deles consecutivos, no tie-break do quarto set.

"Às vezes você se sente estranho. Sentia uma dor na virilha... Não gosto de recorrer ao médico, não gosto de mostrar minhas fraquezas", disse Federer. No segundo e terceiro sets, o suiço demonstrou nervosismo e discutiu com o árbitro por uma advertência. Depois solicitou uma pausa médica e deixou a quadra quando perdia por 6/3, 2/6, 0/3.

Depois de ser superado com facilidade no segundo e terceiro sets, o suíço conseguiu sobreviver no quarto set e no quinto retomou o bom jogo para vencer a partida. "Preciso jogar melhor nas semifinais, porque em caso contrário certamente terei tempo para esquiar", brincou Federer.

Leia também:
Federer sofre, mas conquista 100ª vitória no Australian Open
Serena perde, e Gauff bate Osaka na Austrália
Irritado, Kyrgios imita Nadal e causa risos na Austrália


No torneio feminino, a australiana Ashleigh Barty, número um do mundo, e a americana Sofía Kenin se classificaram nesta terça-feira para as semifinais do Aberto da Austrália.Barty venceu a tcheca Petra Kvitova por 7-6 (8/6) e 6-2, enquanto Kenin (15ª) superou a tunisiana Ons Jabeur por duplo 6-4.

Últimas