Força Nacional ficará até agosto em Paulista

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17)

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17)

Portaria foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (17)

Folha de Pernambuco

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou, em portaria publicada nesta segunda-feira (17) no Diário Oficial da União, a prorrogação das ações da Força Nacional de Segurança Pública no apoio às forças de segurança locais, em Paulista e nas outras quatro cidades do projeto - Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e São José dos Pinhais (PR).

As ações de segurança terão caráter episódico e planejado focadas em políticas de assistência social e tratamento de dependentes químicos, por 180 dias, no período de 18 de fevereiro a 15 de agosto de 2020.

Leia também:
Paulista registra 36,4% de redução nos homicídios durante atuação da Força Nacional
Moro se reúne em Paulista para discutir Força Nacional no município


“As operações terão o apoio logístico dos estados e municípios envolvidos que deverão dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional”, segundo a portaria publicada no Diário Oficial. De acordo com o documento, o número de militares disponibilizados obedecerá ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Em janeiro, em reunião entre representantes dos governos Federal, Estadual e Municipal no Centro Administrativo da Prefeitura de Paulista, já havia ficado acertada a prorrogação, mas o fim da ação estava previsto para 24 de junho. Os últimos dados divulgados do programa abrangem o período entre o início, em agosto, até dezembro de 2019. A diminuição no número de crimes contra a vida foi de 28% e os delitos contra o patrimônio caíram 34%.