Folha de Pernambuco Geraldo Julio divulga vídeo em defesa do isolamento social

Geraldo Julio divulga vídeo em defesa do isolamento social

Prefeito do Recife usou como exemplo os EUA, que demoraram em adotar restrições sociais e atingiram mais de 50 mil mortes

Prefeito do Recife usou como exemplo os EUA, que demoraram em adotar restrições sociais e atingiram mais de 50 mil mortes

Prefeito do Recife usou como exemplo os EUA, que demoraram em adotar restrições sociais e atingiram mais de 50 mil mortes

Folha de Pernambuco

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, divulgou, nesta quarta-feira (6), nas redes sociais, um vídeo em defesa do isolamento social como medida para evitar a escalada do novo coronavírus na cidade. Para sustentar seu argumento, Geraldo Julio usou o exemplo dos Estados Unidos, "que é mais rico, tem mais infraestrutura e muito melhores condições de prestar atendimento à saúde, mas fez o isolamento mais tarde". Em 42 dias, os EUA superaram 50 mil mortes pela pandemia.

"Esse vídeo fala do assunto mais importante para evitar mortes por Covid-19, que é o isolamento social", disse o prefeito. "Mesmo com furos de contaminação, a principal ação de enfrentamento à pandemia no Brasil é o isolamento social. Milhares de vidas já foram salvas. Os números no Brasil estão acelerando e o país está a caminho do pico de casos e de óbitos", completou.  

Leia também:
Japão quer aprovar antiviral para o tratamento de coronavírus
Paciente com Covid incendeia colchão e tenta fugir de hospital em Salvador 

Ao defender o isolamento social, Geraldo Julio afirmou que dois pontos seriam evitados: "o pico (da pandemia) chegaria muito antes e ele seria muito mais alto. Se o Brasil seguisse a evolução dos EUA, já teriamos 35 mil óbitos nesse mesmo tempo. Com isolamento, mudamos a evolução (da doença) no Brasil". O país já registrou 7367 óbitos.

"Como o pico ainda não chegou, está dando tempo para governos, prefeituras, privados e filantropicos, construirem leitos para salvar muitas pessoas. Aqui no Recife abrimos sete hospitais de campanha, que já ofereceram 6 mil atendimentos, quase mil internações e mais de 200 altas já ocorreram", disse Geraldo Julio. 

Últimas