Henry Cavill pode novamente viver Superman

Fãs da DC torcem para que haja um confronto contra Dwayne Johnson, que viverá Adão Negro no filme homônimo

Fãs da DC torcem para que haja um confronto contra Dwayne Johnson, que viverá Adão Negro no filme homônimo

Fãs da DC torcem para que haja um confronto contra Dwayne Johnson, que viverá Adão Negro no filme homônimo

Folha de Pernambuco

Henry Cavill, 37, estaria negociando seu retorno às telonas para dar vida novamente ao Super-Homem. Caso isso se concretize, os fãs da DC torcem para que haja um confronto contra Dwayne Johnson, 48, que viverá Adão Negro no filme homônimo. O embate empolga tanto os fãs porque este é um dos super vilões da franquia que poderia enfrentar de fato o Homem de Aço se a ficção se tornasse realidade.

De acordo com o Screenrant, o retorno de Cavill pode ser apenas uma participação em "Shazam 2", o que não renderia o tão esperado embate. Além de os atores serem fisicamente fortes como já demostraram em outras ocasiões, também são amigos fora do olhar das câmeras, o que facilitaria na hora de buscar sintonia para viver os personagens.

Leia também: Cinemateca agoniza sem verba e governo pode sofrer ação por repasses atrasados Netflix desiste de lançar filmes em festivais de cinema em 2020 Cinema drive-in ocupará Memorial da América Latina durante pandemia

Antes de Aquaman arrecadar uma bilheteria bilionária ao redor do mundo, "Batman V Superman" foi o maior sucesso da DC justamente por vender a ideia do confronto de dois gigantes da franquia. A luta entre Super-Homem e Adão Negro tem tudo para no mínimo emocionar os fãs e, por isso, tem grande torcida para que ocorra, ainda de acordo com o portal.

No fim de 2018, especulou-se que Cavill, que interpretou o Superman em três longas da DC Comics, não voltaria a interpretar o Homem de Aço. A revista americana The Hollywood Reporter afirmou à época que teria havido uma desavença do ator com a Warner Bros enquanto negociava participação no filme "Shazam!", que estreou em 2019.