Índia anuncia grande flexibilização do confinamento

A Índia, segundo país mais populoso do mundo, continua em plena crise de saúde pela pandemia

A Índia, segundo país mais populoso do mundo, continua em plena crise de saúde pela pandemia

A Índia, segundo país mais populoso do mundo, continua em plena crise de saúde pela pandemia

Folha de Pernambuco

A Índia anunciou neste sábado uma importante flexibilização do confinamento decretado para combater o coronavírus, exceto nas denominadas "zonas de contenção", onde os números de contágio permanecem elevados.

Os templos religiosos, hotéis, restaurantes e centros comerciais poderão retomar as operações a partir de 8 de junho. Os centros de ensino dependem de uma consulta prévia com as autoridades de cada estado, anunciou o ministério do Interior.

A Índia, segundo país mais populoso do mundo, continua em plena crise de saúde pela pandemia.

Leia também: 
Índia registra temperatura de 50 graus
Macacos roubam amostras de testes contra a Covid-19 na Índia


Neste sábado anunciou outro recorde de contágios em 24 horas: a país tem mais de 85.000 casos e quase 5.000 mortos.