Inep divulga gabaritos preliminares do Enade

Também foram divulgados os 29 cadernos de provas das graduações avaliadas na edição deste ano

Também foram divulgados os 29 cadernos de provas das graduações avaliadas na edição deste ano

Também foram divulgados os 29 cadernos de provas das graduações avaliadas na edição deste ano

Folha de Pernambuco

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou, nesta terça-feira (26), na internet, os gabaritos preliminares das questões objetivas do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Também foram divulgados os 29 cadernos de provas das graduações avaliadas na edição deste ano.

O Enade foi aplicado no domingo (24) a estudantes concluintes de cursos de graduação. Ao todo, participaram 390.365 estudantes, que fizeram as provas em 1.063 municípios de todo o país. A divulgação do gabarito estava prevista para amanhã (27), de acordo com o Inep, mas foi antecipada.

Leia também:
Enade é aplicado neste domingo para cerca de 435 mil estudantes
Discentes têm até esta quinta-feira para responder ao Questionário do Estudante do Enade
Para realização do Enade o preenchimento de questionário é obrigatório


Nesta edição, o exame avaliou os cursos de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

Os estudantes responderam a dez questões de formação geral, comuns aos cursos de todas as áreas, sendo duas discursivas e oito de múltipla escolha; e a 30 questões referentes a componentes específicos de cada área, sendo três discursivas e 27 de múltipla escolha.

O gabarito preliminar divulgado é apenas das questões objetivas da avaliação. O padrão de resposta para as questões discursivas e os gabaritos definitivos serão divulgados no início de 2020.

As manifestações contrárias aos gabaritos publicados podem ser encaminhadas ao endereço eletrônico bnienade@inep.gov.br até 25 de janeiro de 2020.