Investimentos da FCA vão aquecer economia do Estado

Com R$ 7, 5 bilhões para injetar no Polo Automotivo de Goiana, a Jeep vai desenvolver projetos capazes de atrair mais empresas para Pernambuco

Com R$ 7, 5 bilhões para injetar no Polo Automotivo de Goiana, a Jeep vai desenvolver projetos capazes de atrair mais empresas para Pernambuco

Com R$ 7, 5 bilhões para injetar no Polo Automotivo de Goiana, a Jeep vai desenvolver projetos capazes de atrair mais empresas para Pernambuco

Folha de Pernambuco

Pernambuco deve receber novas empresas e indústrias nos próximos anos. É que a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) está realizando um ciclo de investimento de R$ 7,5 bilhões em quase seis anos, a contar de 2018, para o Polo Automotivo da Jeep, em Goiana, Região Metropolitana do Recife (RMR). Diversos projetos e ampliações estão dentro desse investimento.

Em visita à diretoria da Folha de Pernambuco, na última quinta-feira, o diretor de comunicação e sustentabilidade da FCA, Fernão Silveira, informou os negócios a serem desenvolvidos pelo Grupo, a exemplo da produção de um quarto veículo na fábrica de Goiana, a chegada de novos fornecedores para a fábrica e os projetos sociais no entorno da região. No encontro, estavam presentes o diretor executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi, o diretor operacional, José Américo, a editora-chefe, Leusa Santos, e a gerente de Mercado, Tânia Campos.

Leia também:
Jeep anuncia produção do 4º veículo
Jeep confirma patrocínio no Galo da Madrugada
Mais moderna e sustentável, Jeep investe em tecnologia em Goiana


INVESTIMENTOS
Um ciclo de investimentos que começou em 2018 e seguirá até o início de 2024 foi programado pela FCA para o Brasil. Na fábrica de Goiana, a empresa está investindo R$ 7,5 bilhões, destinados a novas operações. Dentro do valor, está prevista a produção em Pernambuco de um novo Jeep. O futuro modelo será um SUV premium de sete lugares. O projeto global vai ser criado pela equipe da América Latina e exportado para outros países. Além disso, a empresa decidiu repaginar os três veículos que são produzidos atualmente: Fiat Toro, Jeep Compass e Jeep Renegade. E, ainda dentro do montante, vai ampliar de 31 para 50 o número de empresas fornecedoras da Jeep.

FORNECEDORES
A chegada de mais fornecedores vai ser essencial para a fabricação de novas peças para os carros. Segundo Fernão Silveira, existe uma meta dentro do plano da FCA de chegar em 50 fornecedores até 2024. Para fechar os negócios, depende também dos parceiros, do município e da gestão estadual para trazer essas empresas. No fim de janeiro, a fornecedora Yazaki, líder no mercado de confecção de chicotes automotivos, já anunciou a chegada em Pernambuco com investimento de R$ 60 milhões e geração de 1.600 empregos. E, na última quarta-feira, a Sada Transportes, operadora logística do Grupo FCA, também comunicou expansão do seu terminal, com investimento de R$ 110 milhões e geração de cerca de 300 empregos diretos e indiretos.

REGIONALIZAÇÃO
Para garantir a eficiência logística, será preciso instalar as empresas fornecedoras para além do Polo de Goiana, já que a área da região já está bastante ocupada. Por isso, a ideia da FCA é que essas novas empresas sejam atraídas para outras regiões. A Yazaki, por exemplo, construirá sua fábrica na cidade de Bonito, no Agreste de Pernambuco. Atualmente, 70% dos fornecedores do Polo de Goiana estão localizados no Brasil, sendo 30% instalados em Pernambuco. A expectativa é aumentar esse índice em Pernambuco para 50% até 2024.

PROJETOS SOCIAIS
Um dos compromissos da FCA é dar protagonismo a comunidades no entorno do Polo de Goiana. Ano passado, a empresa promoveu a capacitação de 15 grupos pernambucanos disponibilizando oficinas de estandartes e música de caboclinhos. Esses grupos irão se apresentar neste Carnaval. Além disso, mais 14 grupos serão capacitados este ano em oito municípios localizados próximo à cidade de Goiana. A FCA também pretende levar maracatus de Pernambuco, incluindo os grupos e os estandartes, para serem apresentados em Belo Horizonte, onde o grupo tem a fábrica da Fiat.

ESPORTES
O Grupo FCA, por meio da marca Fiat, está realizando investimentos nas seleções brasileiras de futebol até 2022, incluindo a seleção base, a olímpica, a feminina e a masculina. Além disso, está com investimento, por meio da marca Jeep, em esportes de aventura e natureza, como campeonatos de surf.