Itália libera treinos em grupo de clubes a partir do dia 18 e cita cautela

As equipes, no entanto, deverão seguir uma série de regras para que as atividades coletivas, paralisadas desde março, voltem a acontecer

As equipes, no entanto, deverão seguir uma série de regras para que as atividades coletivas, paralisadas desde março, voltem a acontecer

As equipes, no entanto, deverão seguir uma série de regras para que as atividades coletivas, paralisadas desde março, voltem a acontecer

Folha de Pernambuco

Os ministros da Saúde e do Esporte da Itália, Roberto Speranza e Vincenzo Spadafora, respectivamente, divulgaram um comunicado em conjunto liberando treinamentos em grupo aos clubes a partir da próxima segunda-feira (18). A decisão foi publicada na mídia italiana após um "sinal verde" do Comitê Técnico Científico, que atua em parceria com o governo no combate à pandemia do novo coronavírus.

As equipes, no entanto, deverão seguir uma série de regras para que as atividades coletivas, paralisadas desde março, voltem a acontecer. Estas medidas, de acordo com o comunicado, "serão enviadas à federação para adaptar o protocolo, a fim de permitir a retomada segura e cautelosa do treinamento da equipes a partir de 18 de maio".

Desde o início da semana passada, os clubes da primeira divisão italiana dão treinamentos individuais aos atletas em seus centros de treinamento. Nenhum coletivo, no entanto, foi realizado.

Leia também:
Itália ultrapassa 30.000 mortos por coronavírus
Missas serão retomadas em 18 de maio na Itália