Josa comenta possibilidade de jogos em curto intervalo de tempo pós-pandemia

Volante lembrou que o Náutico já passou por período em que teve menos de 72 horas de descanso de um compromisso para outro

Volante lembrou que o Náutico já passou por período em que teve menos de 72 horas de descanso de um compromisso para outro

Volante lembrou que o Náutico já passou por período em que teve menos de 72 horas de descanso de um compromisso para outro

Folha de Pernambuco

Ainda não há data para o retorno do futebol brasileiro, paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus. Porém, clubes e federações já estão estudando como os campeonatos voltarão. Um dos pontos analisado é como realizar todas as partidas com um calendário apertado. Diminuir o intervalo de descanso entre os jogos é uma das alternativas. Cenário que o volante Josa, do Náutico, diz já conhecer.

"Sabemos que podemos ter jogos mais próximos (uns dos outros), mas acredito que vamos nos preparar bem. Tivemos isso já no passado, com jogo dia sim, dia não. Acho que essa experiência anterior pode servir para gente colocar em prática quando voltar os jogos. Estamos na torcida para que a situação se normalize o mais rápido possível", afirmou o marcador.

Desde a pausa nos campeonatos, Josa está com a família no interior da Bahia. "Não podemos sair tanto, apenas para fazer o necessário. Estou aproveitando o tempo para ficar próximo aos meus filhos, tomando conta de quem está perto da gente", apontou. "Esse período seria muito intenso no futebol porque antecederia o Brasileiro e estaria na reta final dos estaduais. Sinto saudade dos treinos e dos companheiros. Criamos uma família no clube. Isso é inevitável. Temos um grupo de whatsapp para manter contato diariamente com todos do grupo. Falo no privado com alguns mais próximos", destacou.

Leia também:
Náutico realiza obras no sistema de drenagem dos Aflitos
Pandemia atrasa negociação do Náutico para ampliar vínculo com Erick